Europa

Apaixone-se por Bruxelas: Cultura, Curiosidades e 28 Pontos Turísticos

bruxelas

Bruxelas, a capital da Bélgica: Descubra o que fazer e como montar seu roteiro de viagem incrível! 

Bruxelas é um importante centro político da Europa e do mundo. Com a sede do Parlamento Europeu e da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico), possui a maior área urbana da Bélgica. A região metropolitana de Bruxelas, conta com uma população de 1,8 milhões de habitantes. 

Divirta-se em família e descubra o que fazer na terra do chocolate, das batatas fritas e dos incríveis waffles. 

Dicas de planejamento de viagem para Bruxelas

Antes de viajar para Bruxelas, na Bélgica,  prepare os seguintes itens para ter uma viagem mais tranquila e com tudo organizado. A sua viagem internacional pode ser toda programada com antecedência. Veja essas dicas de viagem para economizar:

Seguro Viagem para Bruxelas

Fazer uma viagem para Europa exige dos viajantes um seguro viagem internacional, por isso utilize sites de busca. Eles comparam os preços dos seguros de viagem de várias seguradoras e você pode optar pela melhor opção de acordo com seu estilo de viajante. 

A cobertura mínima em assistência médica para Europa é de € 30 mil euros, mas há opções de seguros ainda mais abrangentes, principalmente para os viajantes que gostam de aventuras e esportes radicais. 

Viajar com um seguro de viagem para Bélgica é sem dúvida, uma segurança e dá mais tranquilidade. Você terá cobertura em caso de cancelamentos de voos, extravio de bagagem, atrasos muito longos com pagamento de diárias em hotéis, assistência médica e hospitalar e até mesmo reembolso em caso de doenças e gastos com remédios no exterior. Para essas coberturas mais completas, você deve ler com atenção o que cada seguradora oferece e quais os valores cobertos para cada item.

Outro fator importante na escolha do seguro viagem para Europa é verificar os limites de idade para as coberturas. Normalmente os seguros viagem vão de 18 até 65 ou máximo 70 anos. Acima dessa idade, paga-se um valor diferente, proporcional ao risco de ter alguma doente ou acidente no exterior. 

Além disso, as grávidas, também devem ter atenção especial para escolha de um seguro viagem internacional mais completo e cubra também partos.  

Roteiro em Londres: O que fazer em Londres em 7 dias, confira um guia de viagem para a capital da Inglaterra. Veja as dicas para sua viagem para Europa. 

As melhores Hospedagens de Bruxelas

Para se hospedar em Bruxelas, busque hotéis bem localizados no centro da cidade, próximo a Grand Place. Nos sites de busca você consegue pesquisar as melhores opções de hotéis, com preços promocionais e pesquisar com filtro entre o número de estrelas do hotel e as comodidades que deseja. 

Bruxelas é uma cidade bastante grande, com mais de 2 milhões de habitantes e bastante movimentada. Por isso, ficar hospedado próximo das atrações principais é uma grande vantagem para poder se deslocar de forma mais fácil e até mesmo a pé. Busque uma região bem localizada em Bruxelas e segura. 

Leia também: Atrações de Amsterdã, Os Melhores Bares, Restaurantes e o que fazer na capital dos Países Baixos.

Conexão no exterior: Chip Internacional Europa

Viajar com chip internacional para Europa é uma grande vantagem e uma grande comodidade na sua viagem. Conheça os planos da America Chip e já saia do Brasil conectado. O chip internacional é de alta velocidade e você terá internet o tempo todo durante a sua viagem internacional. 

O melhor de tudo é que você pode pagar o chip em até 6x e não precisa procurar um lugar para comprar um chip quando chegar. Você já desce do avião com seu chip ativo e funcionando, pode chamar um Uber, olhar seu email, ver o GPS e usar todas as funcionalidades do seu celular. 

Além disso, seu número do WhatsApp continua sendo o mesmo do Brasil e você pode falar com seus amigos e familiares sempre que quiser. E também, pode postar nas suas redes sociais, escolher restaurantes e fazer reservas de passeios.

Comprar passagem aérea para Bélgica

Agora que você já sabe o que fazer em Bruxelas, comece a pesquisar as passagens aéreas para a Bélgica. Existem muitas opções de sites que comparam os preços das passagens aéreas que irão facilitar sua vida.

Neles você pode pesquisar voo de ida e volta, o tempo de cada um deles, comparar qual é o mais barato, quantas bagagens estão inclusas e quantas conexões terá que fazer para chegar no seu destino europeu.

Uma dica bastante importante é: comprar as passagens aéreas com tempo de antecedência para conseguir os melhores preços. 

Você deve fazer a sua compra alguns meses antes da sua viagem para conseguir as melhores tarifas. Outra dica é ter flexibilidade de datas para sua viagem para o exterior. 

Bruxelas: vida cultural e curiosidades

Uma curiosidade interessante é que cerca de 30% da população de Bruxelas é estrangeira. Como um importante local de decisões políticas, muitos europeus moram em Bruxelas. 

Além da população de fora da Europa que imigra para trabalhar na Bélgica em busca de empregos em multinacionais. 

Bruxelas encanta seus visitantes principalmente pela bela arquitetura e gastronomia. O chocolate belga é o destaque e existem lojas espalhadas por todo centro histórico. Entre as principais marcas de chocolate belga estão: 

  • Leonidas;
  • Godiva;
  • Neuhaus;
  • Guylian;
  • Callebaut;
  • Belcolade. 

Com chocolates deliciosos, a Bélgica é conhecida em todo o mundo pelo seu rigor e controle de qualidade de seus chocolates. A composição dos produtos é regulamentada por lei. Por isso, desde o ano de 1884, o país  garante através de lei que o sabor e a qualidade do chocolate não seja adulterado pela adição exagerada de gorduras não provenientes do cacau. 

De acordo com a lei belga é preciso ter no mínimo 35% de cacau puro para ser considerado um chocolate. Bem diferente do que vemos no Brasil, não é mesmo? 

Dias necessários para conhecer Bruxelas

Para conhecer Bruxelas você precisa de 1 a 2 dias na cidade. Se tiver apenas um dia, foque no centro da cidade e conheça as atrações mais próximas. Além disso, não deixe de experimentar a deliciosa batata frita belga. 

Dicas sobre o que fazer em Bruxelas à noite

Se você gosta de passear durante o dia, mas não quer ficar no hotel à noite, pode aproveitar para sair para jantar fora em Bruxelas. Ou então, sair para dançar e aproveitar os bares e baladas. 

Duas dicas do que fazer em Bruxelas à noite são: o Hard Rock Cafe Brussels (na Grand Place, 12A) e o Delirium Café (fica Galeries Royales Saint-Hubert), um bar incrível, super tradicional e com vários tipos de chopes! Vale a pena conhecer! 

Dicas para fazer compras incríveis em Bruxelas

Durante a sua viagem para Bruxelas, descubra onde fazer compras na cidade e levar presentes e souvenirs para seus amigos (e para você, claro!).

Saiba onde fica e como chegar em Bruxelas

bruxelas mapa

A cidade de Bruxelas fica bem no centro da Bélgica. Bruxelas faz parte da Comunidade francesa da Bélgica. A maioria dos voos que chegam na Bélgica vem pelo Aeroporto Internacional de Bruxelas

Também é possível chegar na Bélgica pelos aeroportos da Antuérpia, Oostende ou Charleroi. 

Se você estiver viajando na Europa, você também pode chegar em Bruxelas de trem. A Estação Central de Bruxelas (Gare Centrale de Bruxelles) é a mais movimentada do país. 

Ou então, se você quer saber como chegar em Bruxelas, também pode utilizar os ônibus europeus que ligam várias cidades da Europa. Por exemplo, o FlixBus. Que é uma maneira bem tranquila de viajar para Amsterdã, por exemplo. Viajar de ônibus na Europa é bastante seguro.

Grand Place e Rue du Marché aux Herbes

Na Grand Place, a região central de Bruxelas, você vai encontrar diversas lojas de chocolates belgas e também lojas e galerias de arte. Nos arredores, fica a Rue du Marché aux Herbes com várias lojas de roupas e grifes para quem gosta de moda de vários estilos, além de lojas mais chiques. Na rua você encontrará lojas como: Superdry, Vans, Timberland, The Body Shop, entre outras, 

Galerias Reais Saint-Hubert

As Galerias Reais Saint-Hubert são uma atração de Bruxelas e o lugar é belíssimo. O local fica no endereço: Galerie du Roi 5, 1000, Bruxelas. 

Construída no ano de 1847, o espaço conta com lojas das mais diversas e também cafés. Mesmo que você não queria comprar nada, vale a pena visitar o lugar só para admirar a arquitetura. 

Rue Neuve (Nieuwstraat)

Na Rue Neuve (Nieuwstraat) você vai encontrar muitas lojas de roupas em Bruxelas para fazer compras, além de dois shoppings, o City 2 e o Inno. 

Para quem gosta de fast fashion e marcas internacionais, terá muito para visitar em Bruxelas. Por ser uma capital global, há muitas opções de compras. 

Na Rue Neuve e Calçada de Ixelles, os visitantes vão encontrar marcas como Zara, Primark, Mango, H&M, Pimkie, Bershka, Benetton, Promod, entre outras lojas. 

Shoppings em Bruxelas

Para os dias de muito frio e chuva, conhecer os shoppings de Bruxelas e fazer compras na Bélgica podem ser uma ótima opção. Entre as melhores opções estão: City 2, bem no centro da cidade. Além das Galerias de la Toison d’Or, a Galeria Anspach, o Woluwé Shopping Center ou então, o Westland Shopping Center. 

Outra recente opção inaugurada é o Docks Bruxsel, oferecendo muitas opções de lojas e restaurantes para os visitantes. Além disso, ele possui espaço para as crianças brincarem. Veja a lista das lojas no site do shopping.

Melhor época para visitar Bruxelas

No outono, os dias são bastante cinzas e as temperaturas já começam a baixar. Bruxelas é uma cidade bastante fria no inverno, por isso, se você não gosta de frio, evite viajar para Bruxelas entre dezembro e março. No inverno, os dias são bem curtos na Europa, anoitecendo muito cedo e com vários dias seguidos de chuva. 

Por isso, a melhor época para visitar é de maio a setembro, na primavera e no verão. Os meses de junho, julho e agosto são os meses mais quentes do ano na Bélgica. 

Se você puder escolher uma época do ano para viajar para Bruxelas, opte pelos meses de maio a setembro. Você pegará temperaturas mais agradáveis, porém, mesmo assim, deve estar preparado para eventuais chuvas.

Idioma falado em Bruxelas

Na Bélgica são falados três idiomas: holandês, francês e alemão. O holandês é o idioma mais falado pela população. Ele também é conhecido como Flamengo. Por fazer fronteira com os Países Baixos (Holanda), a forma de falar é muito parecida com a dos holandeses. 

Mas, se você vai visitar a Bélgica e não fala nenhum dos três idiomas, pode usar o inglês para se comunicar e quase toda a população sabe falar inglês.

Nos locais mais turísticos da Bélgica, você terá bastante facilidade de falar em inglês e fazer pedidos em restaurantes, lojas, entrar em museus, etc. 

Os 28 melhores pontos turísticos de Bruxelas

Descubra o que fazer em Bruxelas e os pontos turísticos mais importantes para visitar na capital belga:

01 – Grand Place

A Grand Place é o principal ponto turístico de Bruxelas e uma das praças mais bonitas da Europa (e do mundo). A arquitetura impressiona e o lugar fica cheio de turistas. Existem muitas lojas de chocolate, de macarons, restaurantes e cafés. 

Você pode aproveitar para tomar uma cerveja belga, comer um tradicional waffle ou comprar chocolates belgas das marcas tradicionais. Há várias opções de restaurantes próximos para almoçar. 

02 – Manneken Pis

Bruxelas Manneken Pis
Manneken Pis

Um monumento bem tradicional da Bélgica é o Manneken Pis, que fica bem pertinho da Grand Place. É uma pequena fonte de bronze de um menino fazendo xixi. Ele é um símbolo de Bruxelas e da sua população, conhecida pelo bom humor. A estátua de 1619 fica no endereço 1000 Brussels, Bélgica. Se você não sabe o que fazer em Bruxelas, não esqueça de colocar a atração no seu roteiro.

03 – Les Galeries Royales Saint-Hubert

As Galeries Royales Saint-Hubert ficam bem no centro de Bruxelas e é uma atração que vale a pena conhecer. As galerias são lindas e lembram bastante as de Milão, Londres e Paris. Cheia de cafés e lojas, com certeza você precisa fazer um pit stop para lindas fotos.

04 – Catedral de São Miguel e Santa Gúdula

A Catedral de São Miguel e Santa Gúdula é uma igreja católica para visitar em Bruxelas. A catedral tem entrada gratuita e para visitar a cripta e os tesouros da catedral, os turistas devem pagar € 1,00. Com uma arquitetura gótica, a história da igreja tem mais de 1.000 anos.

Veja também, o que fazer em Paris em 2022: os 10 melhores pontos turísticos.

05 – Museu dos Quadrinhos de Bruxelas

Importantes personagens de quadrinhos foram criados na Bélgica, como é o caso dos Smurfs e do Tintim. O Museu dos Quadrinhos de Bruxelas fica em um importante edifício do país, projetado em 1905 pelo arquiteto Victor Horta. 

O museu conta com exposições permanentes e itinerantes e é um lugar perfeito para quem gosta de quadrinhos. Na parte térrea do museu está a Livraria Slumberland com um enorme acervo de artigos para presentear e levar de lembranças. Desde revistas, livros, miniaturas de personagens, etc.  

06 – Museus Reais de Belas Artes

Para quem gosta de arte e está em busca de o que fazer em Bruxelas, não deixe de visitar o Museus Reais de Belas Artes (Musées royaux des Beaux-Arts de Belgique), que conta com importantes obras de arte. Ao todo são mais de 20.00 pinturas, esculturas e desenhos. Entre elas, a famosa “A Morte de Marat” de Jacques-Louis David (de 1793).

Como planejar uma viagem internacional: um guia completo.

07 – Museu Magritte

Já o Museu Magritte fica bem no centro de Bruxelas e é dedicado à obra do artista belga René Magritte. Ao todo são mais de 250 obras e documentos, esculturas, pinturas, fotos distribuídos em três andares. 

O artista surrealista René Magritte nasceu na Bélgica em 1898 e faleceu em 1967. Ele foi um dos nomes mais importantes do Surrealista, ao lado de Salvador Dali e Max Ernst. Para quem é apaixonado por história e cultura, com certeza, vale a pena conhecer o Museu Magritte. 

08 – Palácio Real de Bruxelas

O  Palácio Real de Bruxelas fica do lado oposto do Parlamento belga e o palácio oficial do rei. O edifício foi erigido onde estava localizada a antiga corte dos duques de Brabante, que sofreu um incêndio no ano de 1731. 

As alas laterais do Palácio são do século XVIII e são rodeadas por dois pavilhões: do lado esquerdo, o da Casa Civil; do lado direito, o Hotel Bellevue. Que atualmente é ocupado pelo Museu BELvue (Musée BELvue), que apresenta a história da Bélgica.

A construção do Palácio iniciou em 1820, no reinado do rei Guilherme, tendo sido modificada em 1904, por Leopoldo II, que a reconstruiu ao estilo de Luís XVI. 

O endereço do Palácio Real de Bruxelas fica na Pl. des Palais 7, 1000 Bruxelas, Bélgica,

09 – Parlamento Europeu

O Parlamento Europeu está localizado em Bruxelas e recebe todos os anos milhares de visitantes, com exposições e eventos, é possível visitar o Parlamento. O Parlamentarium conta com guia multimídia interativos e está disponível nas 24 línguas faladas na União Europeia. O centro de visitantes está aberto 7 dias por semana e a entrada é gratuita. Veja mais informações para visitar no site oficial

Endereço: Esplanada Solidarność 1980. Rue Wiertz / Wiertzstraat 60

B-1047 Bruxelas, Bélgica.

10 – Atomium

Bruxelas Atomium
Atomium

O Atomium é um dos símbolos de Bruxelas. Ele foi construído no ano de 1958 para a Expo 58. Ele é uma das atrações da Bélgica e tem 102 metros de altura. O design do Atomium é uma obra de André Wtarkeyn e representa um átomo de ferro ampliado 165 bilhões de vezes.

Na parte interna do Atomium há exposições e também um restaurante. Os ingressos custam € 15 para adultos e € 8 para estudantes, mas visitar do lado de fora e tirar fotos do exterior já é suficiente. 

Também é possível comprar bilhetes combos com outras atrações, como o Mini Europa, que fica a apenas 200 metros de distância do Atomium.

A Mini Europa conta com mais de 350 maquetes e conta com 80 cidades europeias reproduzidas em miniaturas. 

Qual o melhor Chip Internacional: Dicas Para Sua Viagem

11 – Pub Café Belga

O Pub Café Belga é um dos melhores bares de Bruxelas e está fora da rota turística tradicional. Ele conta com café da manhã, brunch, café, chás e muita cerveja. À noite, o local fica bastante animado e muito descontraído. Alguns dias da semana, também tem shows ao vivo. O ideal é sempre chegar antes das 19h, porque depois fica bem lotado. 

Endereço: Pl. Eugène Flagey 18, 1050 Ixelles, Bélgica.

12 – Mont des Arts

O Mont des Arts é um complexo urbano de Bruxelas, com um lindo jardim. É um dos principais pontos turísticos da cidade. Nele fica a Biblioteca Real da Bélgica, o Arquivo Nacional da Bélgica e também o Square – Brussels Meeting Centre. 

Vale a pena conhecer e tirar fotos incríveis, principalmente no pôr-do-sol. Só tenha atenção, pois é um local bastante movimentado. 

Endereço: 1000 Brussels, Bélgica.

13 – Le Quartier Européen

Para quem busca requinte, conhecer a Le Quartier Européen é uma ótima opção de atração em Bruxelas. O bairro europeu de Bruxelas conta com o Parlamento Europeu e a Comissão Europeia.  

A região ainda conta com jardins, parques, bares, restaurantes e cafés. É um local bem frequentado e com ótimas opções de restaurantes mais requintados para almoçar ou jantar. 

14 – Bairro de Marolles – Palais de Justice

O Bairro de Marolles conta com o Palais de Justice (Palácio da Justiça de Bruxelas) e é uma região bastante cosmopolita de Bruxelas. O Palácio é um dos locais mais importantes da cidade e com uma arquitetura impressionante.

Endereço: Pl. Poelaert 1, 1000 Bruxelles, Bélgica

15 – Bois de la Cambre en Forêt de Soignes

O Bois de la Cambre (Bosque de Cambre) é um parque urbano de Bruxelas, localizado na região sul da cidade, na Floresta Sonian (Foret de Soignes). O local conta com um espaço verde incrível, ideal para fugir do agito do centro da cidade. A floresta tem mais de 4 mil hectares de árvores para respirar ar puro. 

Saindo da Grand Place, são 4,2 quilômetros (11 minutos de carro) até o parque. Caminhando, o trajeto leva em torno de 1h20 minutos (6,1 quilômetros).

16 – Mini Europe

A Mini Europa é um parque de Bruxelas, repleto de miniaturas. O parque fica próximo a Atomium é uma atração incrível para as crianças que gostam de ciência. 

O local é incrível e conta com 350 monumentos em miniatura. É o passeio ideal com crianças em Bruxelas. 

O parque abre todos os dias das 9h30 às 19h00, com a última entrada às 18h00. Os ingressos da Mini Europa custam € 17,30 para adultos e € 12,30 para crianças até 12 anos. 

Endereço: Av. du Football 1, 1020 Bruxelles, Bélgica

17 – Igreja Notre Dame du Sablon

Igreja Notre Dame du Sablon Bruxelas

A Igreja Notre Dame du Sablon (Igreja de Nossa Senhora de Sablon) é uma belíssima igreja em Bruxelas. Ela chama atenção pela riqueza de detalhes. Com uma arquitetura gótica e barroca, a igreja foi construída no século XV. Antes, porém, já existia uma capela no local. 

Endereço: Rue des Sablons, 1000 Bruxelles, Bélgica. 

18 – Le Botanique

Uma das atrações de Bruxelas é o Le Botanique, um local cultural da Bélgica. Com muitos shows e exposições, é possível ver a programação completa no site. O Le Botanique fica junto ao Jardim Botânico de Bruxelas, a apenas 1,6 quilômetros de distância do Grand-Place, podendo ir a pé até o local, são apenas 20 minutos de caminhada. 

Endereço: Rue Royale 236, 1210 Saint-Josse-ten-Noode, Bélgica.

19 – Parc du Cinquantenaire

O Parc du Cinquantenaire (Parque do Cinquentenário) é um parque de Bruxelas que foi construído no ano de 1880, para comemoração dos 50 anos de independência da Bélgica. O parque foi construído no reinado do rei Leopoldo II. O espaço conta com lindos jardins, lagos e onde acontecem muitos eventos e atrações de lazer para os moradores. 

20 – Luxembourg Square

A Praça do Luxemburgo (Luxembourg Square) está localizada no Bairro Europeu de Bruxelas. Com muitos bares e restaurantes, o local conta com bares como Ralph´s Bar, Quartier Léopold, Fat Boy´s Sports Bar & Grill, The Grapevine, Ginette Bar, London Brasserie, Tour Bon (padaria), etc. 

Como você pode perceber, existem muitas atrações em Bruxelas e o país do chocolate, dos waffles e das batatas fritas tem muito a oferecer aos visitantes além da gastronomia. 

Além disso, Bruxelas está bem localizada na Europa, perto de vários países e perfeita para fazer turismo na Europa. De Bruxelas são apenas 210 quilômetros de distância de Amsterdam, nos Países Baixos e 209 quilômetros de Colônia, na Alemanha. Ou seja, se você reservar um carro, ou viajar de trem na Europa, consegue visitar muitos países na mesma viagem. 

Monte seu roteiro de viagem de acordo com o que mais gosta de fazer, pesquise os restaurantes que deseja conhecer, assim como bares, museus e casas de espetáculos. Confira a programação cultural antes da sua viagem e compre os ingressos que desejar.

Assim você já tem uma programação de viagem na Europa e consegue aproveitar ainda mais as suas férias! 
Também pode te interessar: Conheça os Melhores Pontos Turísticos na Grécia: História e Curiosidades.

21 – Jeanneke Pis

A Jeanneke Pis é a versão feminina do Manneken Pis. É uma estátua, também de bronze, de uma garota agachada fazendo xixi. Não é tão conhecida quanto a masculina e foi feita há menos tempo, em 1985. Ela está localizada na Rue des Bouchers. Por ser descontraída, vale a pena ser visitada, então já coloque essa atração no seu roteiro

22 – Castelo Real de Laeken

O Castelo Real de Laeken era uma residência real, utilizada pelos reis belgas e pensada para ser uma habitação de verão. A localidade é belíssima, com lindas construções e salões. Seu jardim possui lagos, campo de golfe e muito mais. 

Essa atração fica aberta ao público somente em alguns períodos do ano. Normalmente, entre abril e setembro. Desse modo, verifique se ele estará disponível para visitação no momento da sua viagem. Se estiver, não perca essa chance! 

23 – Museu da Cidade de Bruxelas

Conhecer a história e a cultura do lugar que está visitando é uma das experiências mais interessantes de uma viagem. O Museu da Cidade de Bruxelas é o local ideal para descobrir mais informações sobre o passado bruxelense. 

Nesse museu, você encontrará diversas esculturas e pinturas. Inclusive, há várias roupas utilizadas pelo Manneken Pis em ocasiões especiais e a versão original desse famoso monumento, que sobreviveu à Segunda Guerra Mundial. Ele está localizado na Grand Place e merece sua visita. 

24 – Parque de Bruxelas

Sendo o mais importante parque da cidade, o Parque de Bruxelas é um local belíssimo. Ele abriga a maior área verde desse município. Antigamente, devido à sua proximidade com o Palácio Real de Bruxelas, o parque era muito utilizado pela realeza bruxelense, para atividades de caça. 

Se deseja relaxar e fugir do ritmo acelerado de uma cidade, essa localidade irá te agradar!

25 – Tribunais de Bruxelas

Um dos maiores edifícios construídos no século XIX, o Palácio da Justiça é a sede dos tribunais de justiça de Bruxelas. Ele é o tribunal mais importante da Bélgica. Alguns de seus andares são abertos à visitação, então não deixe de visitá-lo.   

26 – Coudenberg

Coudenberg é um palácio que costumava ser uma habitação real. Lá, moravam duques, reis, arquiduques, governadores, condes e imperadores. Está localizado na colina de Coudenberg e, atualmente, está aberto à visitação pública. É um local muito bonito e que deve estar na sua lista de atrações! 

27 – Casa-Museu Horta  

Esse museu, constituído pela casa e pelo estúdio de Victor Horta (sim, o mesmo que projetou o edifício do Museu dos Quadrinhos de Bruxelas!), homenageia e representa o belo trabalho do arquiteto. O edifício é de Art Nouveau, deixando claro o pioneirismo de Horta nesse tipo de arquitetura na Bélgica. 

Se gosta de arte e obras arquitetônicas, a Casa-Museu Horta será um passeio muito proveitoso! 

28 – Museu Autoworld

Carros são a paixão de muitas pessoas, e esse museu é um paraíso para elas! O Autoworld reúne diversos carros antigos, tendo mais de 150 automóveis em sua coleção. Os modelos disponíveis no local são do século 19 à década de 1990, incluindo carros europeus e estadunidenses. Sem dúvidas, esse é um lugar bem interessante para sua viagem.

Gastronomia da Bélgica

o que fazer em bruxelas a noite

A Bélgica possui as melhores batatas fritas do mundo! Sem dúvida, uma das melhores invenções da gastronomia. Além disso, um dos trapos típicos do país é o Moules frites, os mexilhões com batatas fritas, também bastante consumidos na França. 

Outro prato típico que você não pode deixar de comer na Bélgica são os Waffles. Ele possui dois formatos diferentes. O Gaufre de Bruxelles é retangular e pode ter como cobertura chantilly, chocolate, sorvete. Já a outra opção é o Gaufre de Liège, com um açúcar junto. As opções são deliciosas e você consegue provar em diversas padarias e barraquinhas espalhadas pela cidade. 

Além disso, os chocolates belgas são os melhores do mundo (junto com os suíços) e existem marcas muito famosas e chiques para provar. Na minha opinião, o Godiva é um dos melhores. 

Outro prato típico para provar na Bélgica são as salsichas. Elas podem ser porco, frango ou vitela e são deliciosas. Normalmente elas são servidas ou com batata frita ou com purê de batatas e compota de maçã. 

Roteiro de viagem: dicas para montar a seu [passo a passo].

Dicas de bons restaurantes em Bruxelas

A culinária é sempre uma vivência à parte. Experimentar alimentos e comidas típicas do destino é uma experiência que fica marcada na memória do viajante. Porém, alguns turistas ficam com receio de não encontrarem refeições que sejam de seu agrado. Se você também tem essa preocupação, fique tranquilo, pois aqui estão algumas dicas de bons restaurantes:

  • 65 Degrés → gastronomia europeia moderna;
  • Le Bistro – Porte de Hal → ambiente descontraído e com pratos simples;
  • Pasta Divina → restaurante italiano;
  • Tonton Garby → sanduicheria;
  • Hispania Brussels → culinária espanhola;
  • The Lobster House → frutos do mar;
  • Yummy Bowl → restaurante vegetariano;
  • L’inattendu → culinária belga.

Saiba quanto custa viajar para Bruxelas

O custo de uma viagem para Bruxelas varia bastante. Isso porque sua rotina de viajante irá ditar seus gastos. Os passeios, os meios de transporte, os restaurantes/mercados, a hospedagem, a temporada e a quantidade de dias da viagem influenciam diretamente nos custos. 

Por esse motivo, você precisa pesquisar opções que se encaixem no seu orçamento. Iniciar essa procura com antecedência sempre é a melhor alternativa. Assim, é mais fácil encontrar bons valores e serviços que atendam aos seus critérios. 

Como a Bélgica faz parte do Espaço Schengen, você precisará de um seguro viagem. O valor diário médio fica entre R$15 a R$25. Para achar o melhor, compare os preços e as garantias que cada empresa oferece a você.  

As passagens para Bruxelas ficam em média 5 a 6 mil reais, atualmente. É possível achar preços inferiores a esses, mas exige paciência e muita pesquisa. A dica é ver se há companhias aéreas low cost disponíveis, pois elas têm voos mais baratos.  

As hospedagens também têm valores diversos. Esse custo depende do tipo de estadia escolhido: hostel e hotel são os principais. Os preços têm extremos muito distantes, já que você pode achar localidades com diárias de R$115 a R$1200. 

Se optar por utilizar transportes públicos, você gastará cerca de R$50 por dia. Porém, lembre-se que há muitas atrações que são próximas entre si, então, uma forma de economizar é se deslocar entre elas a pé. 

Já com relação à alimentação, a média de gastos é de R$160 diários. Para reduzir os custos, priorize restaurantes e mercados populares. Eles costumam ser mais acessíveis, e você conseguirá boas refeições mesmo assim. 

Os passeios também dependerão do seu roteiro e da quantidade de dias de viagem. Há diversas opções gratuitas, o que reduz bastante o custo. Como você pôde ver acima, Bruxelas reserva inúmeras possibilidades e atrações para sua viagem. Assim, escolha quais são as de seu interesse e veja o preço de cada ingresso!

Documentos necessários para visitar Bruxelas

A documentação necessária para visitar Bruxelas é um ponto de extrema importância para o seu planejamento de viagem. Sem ela, você não consegue nem entrar na Bélgica. Por isso, essa parte da sua preparação exige muita atenção e cuidado. 

Para sua aventura belga, o primeiro documento necessário é o passaporte. Ele precisa ter uma validade mínima de 3 meses (contando a partir da data de retorno), então atente-se a esse detalhe. Se ainda não tem o seu passaporte, confira o passo a passo para tirá-lo e providencie o quanto antes! 

Como dito anteriormente, por fazer parte do Espaço Schengen, a Bélgica não exige visto para brasileiros que pretendem ficar até 90 dias em território belga a turismo. E, pelo mesmo motivo, lembre-se que o seguro viagem é outro documento obrigatório.

Com seu passaporte e seguro viagem em mãos, você já pode iniciar sua jornada em Bruxelas tranquilamente! 

Melhores Universidades em Bruxelas   

Se você está à procura de universidades incríveis, Bruxelas, com certeza, é o lugar certo. A região possui aquele clima encantador e animado dos acadêmicos que ingressam todos os anos na universidade.

Quando falamos em uma formação de qualidade a Universidade Libre de Bruxelas, com certeza, se destaca entre as demais. Dentre as mais tradicionais e também com um alto nível acadêmico estão:

Para escolher a universidade ideal, fique atento a alguns fatores importantes como área de interesse, modalidade de ensino, histórico da instituição, grade curricular do curso e localização da universidade.

Saiba como é morar em Bruxela

Viver em outro país é sempre um compilado de descobertas e adaptações. Assim, o ideal é sempre estar bem informado, por isso você precisa pesquisar tudo sobre Bruxelas, antes de fazer as malas. 

Já conseguimos adiantar que morar em Bruxelas é um verdadeiro conto de fadas se comparado com outros lugares. Os bairros, por exemplo, atendem todos os estilos, desde os mais modernos até os mais tradicionais. 

Sobre o transporte público, a qualidade e rapidez é o seu segundo nome, tornando o acesso às regiões centrais extremamente fácil.

Para quem busca oportunidades de emprego, Bruxelas também é o lugar ideal, afinal por ser a capital do estado, as melhores vagas são concentradas por lá. Em geral, a cidade é linda e possui muitas atrações turísticas. Os nativos são extremamente acolhedores e de índole respeitável.

Custo de vida em Bruxelas

Mas é claro que quando se fala em se mudar, o custo de vida é algo que precisa ser bem analisado. Afinal, somente dessa forma você consegue definir seus gastos e fazer seu controle financeiro. 

É importante ressaltar que o custo de vida pode variar de acordo com a cidade onde você irá fixar residência. Dessa forma, Bruxelas por ser a capital é um lugar mais caro de se viver em comparação a outros da Bélgica. 

A estimativa é que um adulto precise de uma média de 1900 euros para se manter durante  um mês, isso incluindo despesas básicas. Uma conclusão é fato, sem dúvidas, Bruxelas não possui um custo de vida alto, ainda mais para quem recebe em euro e possui trabalhos na cidade.

Áreas de maior contratação em Bruxelas

Fique atendo as áreas que mais contratam na região para onde se mudou. Afinal, nenhum imigrante quer ficar deslocado no mercado de trabalho. 

Poderíamos fazer uma enorme lista das áreas com mais vagas de trabalho em Bruxelas, já que a empregabilidade na Bélgica é umas das melhores do mundo. Porém, vamos destacar os setores que mais atendem aos estrangeiros brasileiros. 

Segundo pesquisa realizada pelo Statista, a grande maioria das vagas estão relacionadas a serviços de auxiliares, construção civil, área da saúde e setor de tecnologia e desenvolvimento. Para quem deseja investir em negócios próprios, a dica é investir no setor de serviços de alimentação como restaurantes, cafés e pubs.

Melhores bairros para viver em Bruxelas

Para morar no lugar dos sonhos toda pesquisa é bem vinda. Acomodações perfeitas, aluguel que cabe no seu bolso e com uma vizinhança muito acolhedora.

Esses são requisitos básicos que todos querem, e que garanto que não será difícil de encontrar. A seguir, os melhores bairros desta capital.

Centro de Bruxelas

O Centro de Bruxelas é uma excelente opção para se morar. O local oferece muitos pontos turísticos, fácil acesso a comércios e restaurantes, sem contar a infraestrutura moderna que é de impressionar.

Para quem gosta de uma vida mais agitada, o Centro de Bruxelas é o lugar perfeito, tudo mais prático e rápido para o seu dia a dia. Os valores de casas e alguns podem ser mais caros do que de outros bairros, mas com certeza a comodidade compensa o que se paga.

Ixelles

Melhores bairros para viver em Bruxelas Ixelles

Ixelles é um bairro de Bruxelas que impressiona a todos os novos moradores. É com um clima boêmio e elegante, que as ruas e casas são inspiradas. Uma excelente opção para quem quer ainda ficar perto da região central, mas pagar valores mais acessíveis.

O cotidiano neste bairro pode ser bem agitado, afinal possui vários pontos turísticos que diariamente são visitados, como é o caso do Museu de Belas Artes e a Praça Luxemburgo. 

Saint Gilles

Saint Gilles não é um bairro muito turístico de Bruxelas, desse modo os valores de aluguel e casas são bem atrativos. Sua visibilidade nos últimos anos cresceu muito entre os moradores e turistas, já que pela atmosfera alternativa atrai sempre muitos curiosos.

Café descolados, galerias de artes e lojas diferentes embalam o ritmo desse bairro. Além disso, seu acesso para o Centro de Bruxela é extremamente fácil, podendo ir até a pé. 

Distrito Europeu

O Distrito Europeu é um bairro muito bom de se morar, em Bruxelas. Trata-se de um ambiente voltado mais para negócios sendo sede de várias empresas. 

Dessa forma, para aqueles que gostam mais de tranquilidade, esse bairro é uma excelente opção. As noites por lá são mais calmas, com características mais de um ambiente residencial. Mas sempre o acesso impecável de transporte entre as principais áreas. 

Saint-Josse-ten-Noode

O Saint-Josse-ten-Noode é um bairro diferenciado em Bruxelas. Com moradores de mais 160 nacionalidades diferentes, a diversidade é o sobrenome desse lugar. Clima jovem e agitado esse bairro possui muitos imigrantes e possui diversas atividades para esses publico.

Quanto a moradias, os aluguéis possuem bons preços e são bem localizados. Você vai experimentar as melhores noites da sua vida, com certeza, nesse lugar com maravilhosos restaurantes e bares.  

Dicas de como se locomover em Bruxelas

Para explorar as ruas de Bruxelas ao máximo e conseguir visitar todas as atrações presentes em seu roteiro, saber se locomover estrategicamente é fundamental. Também é importante conhecer as alternativas de transporte para verificar qual será mais benéfica para você, tanto por questões financeiras quanto por tempo gasto. 

Se você é daquela turma de pessoas que ama se aventurar pelo destino que está conhecendo, os transportes públicos são possibilidades perfeitas. Tem de tudo por lá: ônibus, trem, metrô e tram (é o nome do bonde da cidade). 

As passagens valem a pena, os horários e a estrutura são ótimos e as linhas atendem a todas as partes da cidade. Fora isso, utilizar os meios de transporte públicos é excelente para ver diversas paisagens e pontos interessantes de Bruxelas enquanto se desloca!

Outra dica para melhorar sua locomoção pelos pontos turísticos é organizar o seu roteiro incluindo localidades próximas entre si em um mesmo dia de passeio. Assim, você consegue ir de uma atração à outra de maneira rápida e econômica. 

Por fim, é válido lembrar que os aplicativos de carro particular (por exemplo, Uber), os táxis e o aluguel de um carro são outras alternativas ao seu dispor na Bélgica. Porém, com tanta opção de transporte público, esses meios se tornam desnecessários, além do fato de serem bem mais caros. 

Aproveite a qualidade dos transportes belgas para ir a destinos internacionais. Saiba mais sobre: Eurotrip: Dicas de Como Fazer Uma Viagem Pela Europa

Dicas de turismo para ganhar tempo em Bruxelas

Quando se está viajando, é inevitável querer fazer mil passeios e conhecer todos os cantos do destino visitado. Infelizmente, isso nunca dá certo, já que as cidades turísticas possuem tantas atrações para serem exploradas que apenas uma viagem não é suficiente. 

Em Bruxelas, isso não é diferente. Mas, há ações que permitem que você ganhe tempo em sua jornada na Bélgica. Assim, você conseguirá aproveitar muito mais o seu período de turista. Confira algumas delas! 

Troque as moedas no início da viagem

Como você já sabe, a moeda utilizada em Bruxelas não é a mesma do Brasil. Então, é preciso trocar o seu dinheiro em real pelo equivalente em euros. Para evitar perder tempo com isso ou, até, passar perrengues por não estar com a moeda do país, troque-as logo no início da viagem. 

Você pode fazer isso enquanto ainda estiver no Brasil, em bancos, casas de câmbio ou no aeroporto. Assim, ganhará bastante tempo para curtir sua estadia em Bruxelas.

Faça reserva dos lugares turísticos

bruxelas moeda

Ao longo desse post, você pôde conhecer várias opções turísticas da Bélgica. Nem todas elas são gratuitas e estão disponíveis a qualquer momento. Alguns pontos turísticos exigem uma reserva prévia para visitá-los.

Imagine como seria ruim chegar ao estabelecimento e descobrir que não poderia conhecê-lo por não ter agendado a visita? Além de tempo, você poderia, até mesmo, gastar dinheiro com transporte numa situação dessas. 

Pois bem, não corra esse risco. Reserve sua visita e, se necessário e possível, adquira os ingressos antes de iniciar sua viagem. 

Se hospede em lugares estratégicos

A hospedagem é um ponto primordial para a sua ida à Bruxelas. Você precisa analisar, de forma bem detalhada, todas as opções de hotel/hostel disponíveis na região em que deseja ficar. Muitas vezes, as pessoas reservam quartos nos hotéis mais baratos, sem observar a localização -longe do centro turístico, por exemplo-, perdendo tempo e tendo gastos grandes e desnecessários com transporte.  

Por isso, considere o preço, a qualidade e as comodidades, mas não se esqueça de ver se o estabelecimento está em um lugar estratégico. Com essa prática, você não perderá muito tempo em deslocamentos, por estar próximo aos pontos turísticos, e poderá incluir mais atividades ao seu roteiro! 

Faça uma mala estratégica

Para evitar atrasos, estresse e gasto de tempo durante a sua viagem, faça uma mala estratégica. Além de levar algumas peças para todas as mudanças climáticas possíveis, tente separar todos os itens em conjunto. 

Ou seja, monte “looks” para cada dia de viagem, tendo seu roteiro por perto, para ver qual roupa é mais confortável e apropriada para cada atividade planejada. Dessa forma, você já terá uma base do que quer usar nos passeios, otimizando seu tempo! 

Leia também: Viajar Barato Pela Europa: Guia Com As Melhores Dicas

Conheça 5 cidades próximas a Bruxelas

A Bélgica é um país tão incrível que uma viagem apenas a Bruxelas deixa aquele “gostinho de quero mais”. Se sua estadia por lá pode ser estendida, não perca a oportunidade de descobrir outras localidades belgas. Veja 5 cidades próximas da capital que merecem ser visitadas!  

01- Dinant  

Dinant é uma cidade de tirar o fôlego. Suas paisagens estão entre as mais magníficas do país. Há cerca de 90 quilômetros de Bruxelas, esse local fica à margem do rio Meuse, o que proporciona uma linda vista. Em relação ao turismo, algumas das principais atrações são: Notre Dame de Dinant, Rocher Bayard, Walzin Castle e Grotte de Dinant La Merveilleuse.

Dinant é um daqueles lugares pequenos, calmos e que encantam a todos. Sem dúvida nenhuma, você deve colocá-la em seus planos futuros!

02- Gante

Assim como em Dinant, a arquitetura e as paisagens de Gante chamam a atenção dos turistas. A cidade portuária já foi muito importante para o comércio europeu e, atualmente, é o destino de um grande número de universitários. 

As possibilidades turísticas são bem expressivas, e as construções remetem ao estilo gótico. Entre os pontos turísticos, estão: Gravensteen, Museu de Belas Artes de Gante e Graslei. 

03- Bruges

A lista de cidades belíssimas da Bélgica não termina por aí. Para se ter uma noção, Bruges é conhecida como a Veneza belga! Além dos seus canais, sua arquitetura gótica e suas lindas ruas se destacam aos visitantes. 

Bruges também é um centro comercial importante para a Europa, e ela já foi uma das grandes economias europeias. Por lá, você terá uma mistura de entretenimento, história, cultura e arquitetura. 

04- Leuven

Se a Bélgica tem sua própria Veneza, também tem sua Coimbra. Leuven é uma cidade universitária, com grande parte dos seus moradores sendo envolvidos com a Universidade Católica de Leuven. Seu aspecto acolhedor faz com que muitos estudantes fiquem por lá mesmo depois de terminarem seus estudos. 

O centro histórico e a praça central (Grote Markt) são pontos bem procurados pelos turistas. Com certeza, você encontrará bons restaurantes e atrações interessantes nessa surpreendente cidade.  

05- Antuérpia

bruxelas mapa

Conhecida pelos diamantes e por seu porto, que chega a estar entre os maiores do mundo, Antuérpia é uma cidade encantadora. Ela é a segunda maior do país e está situada às margens do rio Escalda. Assim como todas as outras cidades apresentadas, sua arquitetura também é grandiosa. 

Suas atrações são bem variadas, tendo opções para todos os tipos de pessoa. Vai desde rua de compras até museus e catedrais. Qualquer que seja o seu objetivo de viagem, em Antuérpia você terá diversão e bons momentos! 

O que você deve saber antes de ir a Bruxelas

Bruxelas é um lugar maravilhoso na Europa e você precisa saber de algumas dicas que podem tornar essa viagem internacional ainda mais perfeita. Por isso, a seguir você vai saber de tudo o que precisa antes de visitar essa cidade incrível. Confira! 

Orçamento necessário para ir a Bruxelas

É super importante ter uma base de gastos, para que você se organize financeiramente e possa curtir tudo do jeito que você deseja. 

Como você deve imaginar em Bruxelas a moeda oficial é o euro, sendo assim você precisa se atentar aos valores da cotação para saber quanto em reais você precisará. Estima-se que para uma viagem confortável, de uma semana, você gasta em média 15 mil reais com os gastos principais e atrações turísticas. 

Principais regras

Conhecer as regras do país de destino é essencial para todo turista ou imigrante.Você precisa conhecer ao máximo o que é permitido ou não, para que assim você evite algumas inconveniências.

Saiba os horários de abertura e fechamento dos lugares, pergunte a alguns nativos sobre as peculiaridades de Bruxelas e pesquise o máximo que puder sobre tudo. Estar bem informado é o que vai garantir o seu bem-estar.

O que levar na mala

A Bélgica de forma geral é um país com estações bem definidas, e Bruxelas não foge desse padrão. Então o ideal antes de arrumar as malas é saber qual o clima te espera nessa cidade.

Lembre-se também de sempre colocar roupas íntimas extras, um look mais esportivo, para fazer trilhas e passeios longos e pelo menos um tênis, mesmo que esteja em uma época de calor leva também um casaco, o clima pode surpreender as vezes então esteja prevenido. 

Lembre-se também do seu Chip Internacional, principalmente porque o Sim Card tradicional do Brasil não funciona em Bruxelas, então a melhor forma de ter acesso a internet e ligações ilimitadas é como chip internacional. A América Chip oferece planos exclusivos para Europa, totalmente personalizados com a opção do chip físico e o chip eSim que é virtual. Você não pode perder esses benefícios. 

Descubra qual é a moeda oficial de Bruxelas e como trocar

Bruxelas é uma das cidades da Bélgica e lá a moeda oficial é a mesmo da maioria dos países, o Euro. Em relação ao real essa moeda é muito valorizada, sendo a média de cotação a 1 euro por 5 a 6 reais. Sim, é o quíntuplo do valor, mas a vantagem é que os custos básicos nesses lugares são muito baratos  na maioria das vezes.

Muitos brasileiros ficam em dúvida como trocar a moeda de real para o euro e existem formas bem simples para isso. Há diversas empresas que fazem esses serviços de troca, mas o ideal é que você procure um banco credenciado para esta realizando as operações. Um exemplo é o Banco do Brasil, que realiza esses serviços de forma bem prática.

Viagem de trem por Bruxelas e outros destinos

Você sabia que os assentos dos trens da Europa são, em sua grande maioria, mais espaçosos, maiores e mais confortáveis do que os de aviões e ônibus?

Imagine só: não precisar fazer check-in, não precisar despachar as suas bagagens que, por sinal, não precisam seguir nenhuma restrição de peso e poder embarcar e desembarcar em estações que ficam nos centros das cidades europeias. 

Por esse e outros motivos, viajar de trem por Bruxelas e outras cidades da Europa será sempre uma boa ideia. Horários flexíveis de partidas e chegadas, algumas das paisagens mais lindas do continente, a possibilidade de conhecer muitos destinos em uma só viagem, sustentabilidade (já que os trens emitem menos gases de efeito estufa por passageiro)… e não para por aí!    

Amsterdam

Viva a Europa de trem indo de Bruxelas a Amsterdam numa viagem que dura, aproximadamente, duas horas (quando não se muda de trem no meio do caminho). 

Aproveite os campos, rios e vilas da Bélgica e dos Países Baixos, e, ao chegar a Amsterdam, seja recebido pelos famosos canais da Holanda e uma infinidade de atrações culturais e históricas. 

Reza a lenda que a melhor batata frita do mundo fica em Amsterdam… será? Descubra na sua próxima viagem à Europa!

Bruges

Ir a Bruges de trem é ainda mais rápido do que ir a Amsterdam. Essa viagem dura, aproximadamente, uma hora. Escape um pouco dos museus, palácios, parques e praças de Bruxelas e visite Bruges, que conta com um estilo mais medieval. 

Mas, não se engane! Entre os principais pontos turísticos de Bruges, também estão praças, parques e igrejas — assim como na maioria das cidades da Europa. Conheça seus canais, e, de repente, faça um passeio de barco por eles. Afinal, por que não? Visite museus que fogem do óbvio, como o Museu da Batata Frita, em um pit stop/bate e volta por Bruges. 

Paris

De Bruxelas também é super rápido vistar Paris. A viagem dura cerca de uma hora e meia, meia hora a mais do que uma viagem de trem (de Bruxelas) a Bruges.

Paris, na França, é, nada mais nada menos, do que a cidade mais visitada do mundo no país mais visitado do mundo — e não é à toa;

Por lá você terá acesso a milhares de pontos turísticos históricos e culturais, uma culinária cheia de histórias e sabores, passeios para todas as idades — da Disneyland Paris ao Moulin Rouge.   

Dicas para fazer uma Eurotrip com roteiro em Bruxelas

É seguro andar em Bruxelas

A não ser que você seja uma pessoa com flexibilidade de tempo e espírito de aventura, que gosta de fugir (100%) do óbvio e aproveitar as oportunidades de última hora, fazer uma Eurotrip com um bom roteiro pela Europa faz toda a diferença na sua viagem.

É claro que o termo “bom roteiro” é super relativo, e a duração e o orçamento de cada viagem, por exemplo, são fatores que o afetam diretamente. 

Por isso, aqui vão algumas dicas para uma Eurotrip com roteiro em Bruxelas:

Defina as datas da sua viagem

É importante definir as datas da sua viagem com antecedência para poder planejar o restante do roteiro. 

Considere fatores como o clima, eventos especiais ou festivais que você gostaria de participar, e, claro, a disponibilidade do seu tempo e seus recursos para a viagem. Definir as datas da sua viagem com antecedência faz toda a diferença na hora de reservar as suas hospedagens, mesas nos restaurantes mais disputados da Europa e passagens (de trem e avião).

Escolha os países

Ao planejar sua Eurotrip a partir de Bruxelas, você terá diversos países próximos para escolher (ou não) visitar. Considere seus interesses pessoais, como cultura, história e/ou gastronomia, e, em seguida, pesquise com calma sobre os países que oferecem essas experiências. Considere também a proximidade geográfica e como funciona o transporte entre os países escolhidos.

Pense com calma: além da Bélgica, quais outros países você gostaria de visitar durante a sua Eurotrip? França, Holanda, Suíça, Luxemburgo e Alemanha são algumas de nossas sugestões… mas, claro, as opções não param por aí. 

Use e abuse dos trens da Europa, e fica a dica: com o Eurail Global Pass, você viaja entre mais de 30 mil destinos e 33 países da Europa com apenas um passe de trem. Adquira o Eurail One Country Pass se a sua viagem tiver um único país como destino.

Não se esqueça de que, através do Chip Europa da America Chip, você tem acesso à internet ilimitada (5G) durante toda a sua viagem pela Europa. Personalize o seu plano e garanta o seu chip internacional ou eSIM com a America Chip!

Conheça mais sobre o eSIM Europa e ative o seu com maior praticidade!

Faça a lista dos pontos turísticos

Pesquise com a maior calma do mundo sobre os pontos turísticos e atrações (e suas respectivas informações) de cada país que você planeja visitar. Faça uma lista dos lugares que mais despertam seu interesse e que você gostaria de conhecer. 

Considere também o tempo que você terá disponível, que, por sua vez, é baseado na quantidade de dias em que você ficará em cada destino, e, claro, a logística de deslocamento entre os pontos turísticos. 

Lembre-se de que é impossível ver tudo em uma viagem só. Por isso, priorize os locais mais importantes para você e que você faça mais questão de conhecer e esteja aberto para ajustes durante a viagem.

Defina um orçamento de viagem

É importantíssimo estabelecer um orçamento para sua Eurotrip. Considere os custos de transporte, hospedagem, alimentação, ingressos para atrações, compras e outras despesas. 

Pesquise os preços médios de cada destino e defina um limite para cada categoria de gastos. Isso ajudará a controlar suas finanças durante a viagem — e, consequentemente, a evitar surpresas desagradáveis. Faça uma planilha ou use aplicativos de controle financeiro para acompanhar os seus gastos!

Pesquise por passagens aéreas baratas

Para economizar na sua Eurotrip, busque por passagens aéreas baratas com antecedência. Utilize sites de comparação de preços e esteja atento a promoções e ofertas especiais. 

Considere também os voos com escalas ou horários menos populares, que costumam ser mais econômicos. Lembre-se de que os preços das passagens podem variar dependendo da época do ano. Por isso, faça sua pesquisa com antecedência (e usando o Google Flights) para garantir as melhores opções!

Perguntas frequentes sobre Bruxelas

Bruxelas é um lugar fantástico, com diversas opções de turismo e muitas belezas para admirar. E é normal que surjam algumas dúvidas e curiosidades sobre a cidade e nesse artigo você encontra algumas respostas que precisa. Confira as principais dúvidas sobre Bruxelas:  

O que tem de bom em Bruxelas?

Para poder responder essa pergunta de forma completa, precisaríamos de um enorme texto, afinal citar de forma resumida o que tem de bom em Bruxelas é desafiador. Mas se tentarmos poderíamos citar que essa é umas das cidades com a maior qualidade de vida do mundo. 

A Bélgica como um todo possui lugares para lazer, cultura e história maravilhosos e isso inclui também Bruxelas. Baixas taxas de criminalidade, conforto, comodidade e estrutura de excelência é o que te esperam. 

Por que Bruxelas é a capital da Europa?

Se você ouvir falar que Bruxelas é um dos lugares mais importantes na Europa, não se estranhe. Ela é até chamada de capital oficial da Europa e da União Europeia e é claro que por um bom motivo. 

É em Bruxelas que fica localizada a Sede do Conselho Europeu, que é nada mais e nada menos o órgão político oficial da União Europeia. Composto por chefes de Estado ou governadores dos países membros. Por lá são tomadas as principais decisões que rege o futuro desses países. 

É bom morar em Bruxelas?

bruxelas aeroporto

Uma dúvida que muitas pessoas possuem é se realmente é bom morar em Bruxelas. E já conseguimos adiantar que se tratando de qualidade de vida e infraestrutura é uma entidade de excelência. 

Empregabilidade e oportunidade de estudo são outros paramentos que chamam atenção em Bruxelas, a maioria da sociedade possui uma ótima vida. Então sim, é muito bom morar em Bruxelas. Óbvio que como imigrante haverá vários desafios, porém com certeza, todos serão facilmente superados. 

O que vale a pena comprar na Bélgica?

A Bélgica é o lugar perfeito para fazer compras. A dica é sempre que for à Europa dar preferência a produtos que são mais caros aqui no Brasil, como perfumaria, roupas de marca ou sapatos. 

Mas quando se trata de Bruxelas, lembre-se sempre de comprar os famosos chocolates, eles são simplesmente sensacionais e são famosos no mundo inteiro.

Conclusão

Visitar Bruxelas é possível em poucos dias e você deve evitar os meses de janeiro e fevereiro, que são os mais frios do ano. Na Bélgica faz bastante frio e vários dias com neve, por isso, escolher a melhor época do ano para visitar Bruxelas é fundamental. 

Se você puder escolher entre maio a setembro, com certeza terá um clima melhor e mais probabilidade de dias de sol. 

Importante saber que a Bélgica está localizada em um lugar bem central da Europa, por isso, vale a pena fazer um roteiro pelo continente europeu que possa englobar mais países, como a França, Luxemburgo, Alemanha e os Países Baixos. 

Para você ter uma ideia, a cidade de Paris fica apenas 3h20 de carro ou ônibus. Já a capital dos Países Baixos, Amsterdã, fica a apenas 2h50 de carro de Bruxelas. 

Por isso, programe-se para ficar pelo menos 15 dias na Europa e conhecer vários países na mesma viagem!

E claro, viaje sempre conectado com um chip de alta velocidade da America Chip, tendo internet ilimitada o tempo todo, usando o seu WhatsApp com o mesmo número, todos seus apps, emails, GPS no celular para se localizar durante toda sua viagem para o exterior. Você já sai do Brasil com um chip de telefone para viajar conectado na Europa! A melhor forma de viajar, com internet o tempo todo!  
Aproveite para ler: 10 Melhores Atrações Turísticas de Barcelona: dicas para viajar para Europa

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar

Chip de Celular Croácia: Planos, Conexão 5G, Como Adquirir e Vantagens

Vai Viajar? Simule seu plano de internet

arrow-dropdown.png
arrow-dropdown.png
arrow-dropdown.png
arrow-dropdown.png

Conheça o melhor Chip de Celular Escócia: Planos e 5G Ilimitado

Sobrenomes Franceses: Origens, Significados e Curiosidades

Leia mais

Conheça Portland, a peculiar cidade do Oregon que une paisagens naturais únicas e uma cidade cheia de vida.  Uma cidade onde rios se entrelaçam por toda sua extensão não poderia criar um cen(...)

Leia mais

Conheça o melhor da Croácia conectado com o melhor 5G da Europa, proporcionado pelo Chip de Celular Croácia da America Chip.  A Croácia é o destino dos sonhos de milhares de viajantes ao red(...)

Leia mais

Mergulhe no universo dos sobrenomes italianos, desvendando suas origens, significados e entendendo como eles podem ser a chave para a solicitação da cidadania italiana. A Itália carrega sobrenome(...)

Leia mais

Conheça o Chip de Celular Bélgica da America Chip e garanta que a sua próxima viagem internacional seja ainda mais inesquecível. É fácil fazer com que uma viagem internacional e, principalmente, (...)

Leia mais

Imagine só: visitar a Alemanha conectado com o melhor 5G do país, acesso ilimitado à internet e um plano personalizado feito especialmente para você? Descubra como através do Chip de Celular Alem(...)

Leia mais

O Chip de Celular Escócia fará toda a diferença na sua próxima viagem ao Reino Unido – mas, para que isso aconteça, você precisa conhecer a America Chip. O Reino Unido é um destino imperdív(...)

Leia mais

Trabalhar em Portugal é o sonho de muitos brasileiros. Porém, com o aumento do custo de vida, será que ainda vale a pena? Desde o dia 1º de janeiro de 2024, o salário mínimo em Portugal é de € 82(...)

Leia mais

Salt Lake City é a capital de Utah, estado dos Estados Unidos, sendo a cidade mais populosa dessa unidade federativa.  Se está planejando fazer uma viagem, provavelmente já considerou visita(...)

Leia mais
Clique aqui e tire suas dúvidas 24h