Europa

Apaixone-se por Versalhes: Cultura, Melhores Pontos Turísticos, Vida Noturna e Guia Completo

Versalhes

Versalhes é o sonho francês de qualquer viajante, uma riqueza sem igual que oferece o inesquecível!

Se você planeja uma viagem para a França, não  deixe de conhecer Versalhes. A cidade francesa fica bem próxima de Paris e possui um dos pontos turísticos mais importantes da França, o Palácio de Versalhes.

Conheça a história, quanto tempo dura a visita, preços dos ingressos e dicas para sua viagem na Europa.

Cultura e história de Versalhes

A cidade de Versalhes foi criada pelo rei Luís XIV. Foi sede do governo francês entre os anos de 1682 e 1789 (mais de 100 anos), um período antes de se tornar o berço da Revolução Francesa. 

Versalhes fica do ladinho de Paris, a apenas 26 quilômetros do centro de Paris, apenas 40 minutos de carro e cerca de 1 hora de trem. Muitos turistas ficam hospedados em Paris por alguns dias (O ideal é ficar pelo menos 3 dias inteiros) e passar um dia no Palácio de Versalhes, chegando de manhã e voltando no final do dia (vale muito a pena!). 

O local foi a residência da família real durante muitos anos. Ele está na lista do Patrimônio da Humanidade da UNESCO há 40 anos.

O Palácio de Versalhes é uma das maiores conquistas da arte francesa do século XVII, um lugar surpreendente. Atualmente, o Palácio tem 2.300 quartos distribuídos por uma área total de 63.154 m2.

Depois do rei Luís XVI precisar deixar Versalhes com a família real e ir para Paris, o palácio nunca mais foi uma residência real. Já no ano de 1837, o local se tornou o Museu da História da França, sendo criado pelo Rei Louis-Philippe. 

Ao longo dos anos, a coleção de obras de arte foi aumentando, atualmente o palácio possui uma surpreendente coleção de artes francesas. 

Tour pela Europa: Custos, Dicas e 20 Roteiros Incríveis

Clima e melhor época para visitar Versalhes

É possível visitar Versalhes todas as épocas do ano, mas na primavera, verão e outono são as melhores épocas para visitação. O inverno pode ser bastante frio e chuvoso e você precisará de um bom clima  para aproveitar sua estadia em versalhes.

Os melhores meses para visitar Versalhes são entre maio e setembro. Os meses mais quentes do ano na França são julho e agosto, quando geralmente os europeus estão de férias, combinando as férias de trabalho entre esses dois meses, quando as crianças também estão em férias escolares. 

Porém, no verão é alta temporada na Europa, e os preços das passagens aéreas e hotéis tendem a aumentar. Mesmo com o preço um pouco superior. A vantagem no verão, são os dias mais longos, secos e quentes. 

Viajar para França no verão significa ter luz do dia até 21h, 22h da noite e poder aproveitar ao máximo suas férias na Europa, com muito mais tempo ao ar livre. Além disso, você pode sentar em restaurantes do lado de fora, apreciar a vista e tomar um drink admirando Paris. 

Adquira seu Chip Internacional Europa 

Já esteve em um lugar diferente e precisou de GPS, mapas e aplicativos de tradução e de transporte? Se sim, sabe como a internet ajuda nesses momentos, certo? Pensando nisso, estar com acesso ao mundo digital facilita a sua viagem e te deixa mais tranquilo. 

Contar com o wifi dos lugares nem sempre é uma estratégia funcional, já que há vários estabelecimentos que não disponibilizam essa conexão. Desse modo, compre um Chip Internacional que funcione em Versalhes e tenha a garantia de estar conectado à internet a todo tempo. 

A America Chip oferece os melhores planos do mercado. O Chip Internacional Europa tem pacotes com internet 4G ilimitada, com cobertura em toda a União Europeia e na Suíça. Com ele, você evitará perrengues e manterá contato com todos que ficaram no Brasil, pagando um preço justo e tendo um suporte diferenciado! 

Faça o melhor planejamento de viagem para Versalhes

Versalhes é mesmo um lugar que deixará a sua viagem à França ainda mais memorável. Para que essa vivência seja incrível, você não pode deixar de fazer um planejamento organizado e que contenha todos os passos necessários para a sua tranquilidade antes e durante a viagem. 

Não sabe quais aspectos devem ser englobados no seu planejamento? Confira!

Defina a data da sua viagem

A data da sua viagem é muito importante para o seu preparo. Ela te mostrará a temporada e, consequentemente, os preços que terá que enfrentar nessa jornada. Além disso, a definição dessa data permite que você inicie a pesquisa de passagens, passeios e hospedagem. Então, veja quais datas são boas e dê o passo inicial da sua preparação! 

Estipule um orçamento

Quando se pensa em viajar, ter dinheiro suficiente para isso é mais que essencial. Por essa razão, muitos viajantes começam a juntar suas economias com meses (e, até, anos!) de antecedência. 

Para saber quanto precisa guardar e economizar, você deve estipular um orçamento, considerando passagens, hospedagem, alimentação, transporte, passeios, compras e todo o resto. Não se esqueça de determinar um valor maior do que realmente pensa em gastar, uma vez que imprevistos e acidentes podem acontecer!

Compre as passagens

As passagens são uma parte de extrema importância, e justamente por isso precisam ser uma prioridade para o seu planejamento. Elas costumam ser caras, então, você deve começar a pesquisar e a comparar valores com antecedência. 

Se fizer isso, terá mais chances de encontrar ótimas promoções e gastar uma quantia menor do seu orçamento, podendo aproveitar o restante em outros itens da viagem! 

Reserve a hospedagem

Imagine ficar hospedado em um hotel que oferece condições ruins para o seu descanso noturno. Sem dúvidas, seria uma experiência bem ruim. Assim, se não quer correr o risco de encontrar todos os bons hotéis indisponíveis, comece a buscar opções previamente. 

Depois que achar um local que atenda aos seus critérios, faça a reserva e garanta a sua vaga. Será uma preocupação a menos durante o planejamento da viagem!

Contrate um seguro de viagem

Como a França faz parte do Espaço Schengen, é obrigatório ter um seguro viagem para entrar em seu território. Fora isso, esse serviço torna a vivência internacional mais segura e tranquila, uma vez que você terá a garantia de assistência médica em caso de contratempos. 

Pesquise todos os seguros disponíveis no mercado, analise qual é o melhor para a sua viagem a Versalhes e contrate-o.

Monte o roteiro de passeios 

Visitar os pontos turísticos de Versalhes é o que deixa a viagem mais divertida e proveitosa. Então, é importante que você selecione as atrações que deseja conhecer e as divida de acordo com os dias da sua aventura francesa. Ter esse roteiro guia a sua jornada e facilita a sua preparação para cada dia de passeio, já que estará tudo pré-estabelecido. 

Os 15 melhores pontos turísticos de Versalhes

jardim de versalhes

Conheça quais os melhores pontos turísticos de Versalhes para visitar durante a sua viagem pela França.

01- Palácio de Versalhes (Château de Versailles)

O Palácio de Versalhes é um dos mais famosos monumentos do Patrimônio Mundial da UNESCO e um dos ícones de arquitetura e beleza da França. Seus jardins são um monumento à parte e visitá-lo significa viajar no tempo e contemplar uma beleza sem igual.

Imponente, o Palácio é considerado um dos maiores do do mundo e conta com 700 quartos, 1.250 lareiras, 800 hectares de jardins, 2.153 janelas e 67 escadas. 

O que fazer em Paris: Os 21 melhores pontos turísticos

01.1 Entenda qual a história de Versalhes

O Palácio de Versalhes é um dos palácios mais importantes e prestigiados do mundo. Ele foi residência da família real francesa e sede do poder político francês por pouco mais de um século. Atualmente ele é um museu muito bem preservado e uma das obras de  arquitetura mais impressionantes de toda a França. 

01.2 Para que foi construído o Palácio de Versalhes

O Palácio de Versalhes foi construído para que o Rei Luís XIV fugisse das doenças e dos tumultos que a cidade de Paris estava vivendo. Na época em que foi construído, o local era uma aldeia rural. Com a expansão da cidade, hoje ele fica no subúrbio de Paris. 

O local foi construído para ser a residência da família real francesa, a Monarquia Francesa. 

01.3 Saiba quanto custa ingresso Palácio de Versalhes

O ingresso para visitar o Palácio de Versalhes na França custa € 19,50 para adultos (inclui o Palácio, as exposições temporárias, os jardins e as galerias). Menos de 18 anos e cidadãos da União Europeia entre 18 a 25 anos têm entrada gratuita. 

Já entre os meses de novembro a março, no primeiro domingo do mês, a entrada ao Palácio é gratuita. Os turistas que compram os combos Paris Museum Pass e Paris Pass tem entrada já incluída. Veja todos os horários de visitação e ingressos pelo site da atração. Vale a pena comprar de forma antecipada pelo site. 

Quem mora na França e gosta de visitar o Palácio várias vezes por ano, pode comprar o bilhete anual por € 55 e assim pode visitar sem limites por um período de um ano. 

01.4 Quanto tempo dura a visitação?

Reserve pelo menos 4 a 5 horas para visitar o Palácio de Versalhes, pois ele é enorme e há muita coisa para conhecer. 

Roma: História, Curiosidades,Vida Noturna e Dicas de Turismo

01. 5 Saiba o que tem dentro do Palácio de Versalhes

O conjunto do Palácio de Versalhes tem o estilo arquitetônico dos séculos XVII e XVIII e conta com: os Apartamentos Reais, a Sala dos Espelhos, a Capela, a Ópera Real e o Museu de História da França.

01. 6 Como chegar ao Palácio de Versalhes

Para chegar até ao Palácio de Versalhes, você pode pegar o trem Versailles Chantiers ou Versailles Rive Droite. A distância da Torre Eiffel até o Palácio é de 14,1 quilômetros. 

02- Petit Trianon

O Petit Trianon é um palácio menor que foi construído dentro do Palácio de Versalhes. Ele foi  construído por ordem do Rei Luís XIV para sua amante, a Madame de Pompadour, a favorita do rei. Petit Trianon significa pequeno e simples e é um palácio campestre. O palácio possui mármore rosa, com bosques, flores e lindos jardins. Vale a pena visitar o seu interior e principalmente os incríveis jardins. 

03- The Trianons & The Hamlet

palacio de versalhes resumo

The Trianons & The Hamlet são partes do complexo do Palácio de Versalhes, eles são três pequenos palácios construídos no século XVIII pela família real francesa. 

Eles incluem o Petit Trianon e o Grand Trianon. Ambos os Trianons são conhecidos por seus jardins formais e paisagens naturais, que foram projetados para fornecer um verdadeira refúgio e retiro para a corte francesa poder relaxar longe de todos.

The Hamlet é uma pequena aldeia construída para ser refúgio de  Maria Antonieta. Ela foi projetada para ser uma representação da vida rural francesa, e inclui uma fazenda, uma igreja e pequenas casas. The Hamlet é uma área agrícola que produzia os alimentos para o Palácio de Versalhes.

Já os Trianons e The Hamlet são considerados partes importantes da herança cultural francesa, eles oferecem uma visão única da vida da corte francesa no século XVIII e também destacam a beleza da arquitetura e da paisagem da França.

04- Grand Trianon

Já o Grand Trianon é um palácio que o rei Luís XVI mandou construir próximo a Versalhes para servir como refúgio, para descanso e também encontrar com sua amante Madame de Montespan. O local foi construído em 1687 pelo arquiteto Jules Hardouin-Mansart e também foi construído com mármore. É possível comprar ingressos individuais para atrações ou combos junto com o Palácio de Versalhes. 

05- A Sala dos Espelhos (The Hall of Mirrors)

A Sala dos Espelhos é a sala mais famosa do Palácio de Versalhes e  foi construída para substituir um grande terraço desenhado pelo arquitecto Louis Le Vau, que tinha abertura para o jardim. O terraço do local ficava originalmente entre os aposentos do rei a norte e os da rainha a sul, mas era desajeitado e sobretudo exposto ao mau tempo. Por isso, o rei decidiu pela sua demolição. 

O sucessor de Le Vau, Jules Hardouin-Mansart, produziu uma arquitetura mais adequado que substituiu o terraço por uma grande galeria. As obras começaram em 1678 e terminaram no ano de 1684.

A Sala dos Espelhos é uma visita obrigatória,  pois a sua beleza vai fazer você ficar encantado. 

06- The Royal Opera

A Royal Opera de Versalhes, também conhecida como Opéra Royal, é a  casa de ópera localizada no Palácio de Versalhes. Ela foi construída no século XVIII e era um local de apresentações de teatro e de música para a corte francesa. 

A Opéra Royal possui um grande salão decorado com afrescos, tapeçarias e estátuas, além de uma escadaria em espiral que leva aos famosos camarotes reais, um lugar é bem decorado e preservado.

O local foi palco de muitas apresentações importantes durante a época da corte francesa, incluindo muitas óperas e apresentações de ballet. No século XIX, a Casa de Ópera passou por uma restauração e foi reaberta como um teatro de ópera. 

Atualmente, a Opéra Royal é uma das principais atrações do Palácio de Versalhes, recebendo visitantes de todos os lugares do mundo que desejam ver sua arquitetura e decoração. Além disso, ainda são realizadas apresentações frequentes de ópera e música clássica na Opéra Royal.

Descubra o Que Fazer em Amsterdam: Dicas Incríveis

07- Jardins do Palácio de Versalhes (Jardins du Château de Versailles)

onde fica o palacio de versalhes

Os Jardins do Palácio de Versalhes estão localizados dentro do Palácio e são  atrações imperdíveis para os visitantes. Localizado perto de Paris, capital da França, foi projetado pelo arquiteto André Le Nôtre no século XVII.

São considerados um dos exemplos mais importantes de jardins franceses da época clássica. Os incríveis jardins incluem um labirinto enorme, com fontes, estátuas e paisagens elaboradas, bem como, vistas espetaculares do palácio, rendendo belas fotos. 

Eles também foram usados para diversos eventos políticos e sociais da época, festivais noturnos e jogos. Atualmente, os jardins do Palácio de Versalhes são um destino turístico popular e uma parte importante da herança cultural francesa. Quem visita o Palácio se surpreende com tamanha beleza e imponência. 

Berlim: História, Curiosidades e 10 Atrações Turísticas

08- Galerie des Carrosses

La Galerie des Carrosses é uma galeria magnífica que fica no Palácio de Versalhes. Com certeza o local guarda uma das características, em termos de arquitetura, mais marcantes do palácio. Aliás, a galeria é considerada uma obra-prima da arte barroca francesa e foi construída durante o reinado do rei Luís XIV. 

A ideia era que ela servisse de vitrine para as carruagens reais e ela é simplesmente magnífica, pois conta aproximadamente 120 metros de comprimento e é sustentada por 56 colunas de mármore cobertas de bronze dourado.

Ela foi ricamente decorada com belos afrescos, esculturas ornamentadas e molduras douradas. O teto também impressiona, com painéis pintados representando cenas alegóricas dos triunfos e conquistas do rei. As paredes da galeria são adornadas com cenas de várias regiões da França, e as pinturas e esculturas da galeria servem para celebrar o poder e a autoridade de Luís XIV.

É certo que La Galerie des Carrosses é um dos destaques do Castelo de Versalhes. Por isso, se você se interessa pela história, precisa obrigatoriamente visitar o local. Sem contar que os visitantes podem admirar as incríveis obras de arte e a arquitetura da galeria, mas também conseguem visitar algumas das carruagens que estão expostas. A galeria é aberta ao público e já está contemplada no bilhete de entrada de Versalhes.

09- Temple of Love

O Temple d’Amour, também conhecido como Templo do Amor, é uma bela estrutura neoclássica localizada nos jardins de Versalhes. Construído em 1778 pelo rei Luís XIV, foi um presente para sua amante, a Madame de Pompadour. 

Desse modo, ele é considerado uma das estruturas mais românticas de todo o palácio. Apesar de ser um pequeno edifício circular, ele é cercado por um fosso e fica numa ilha no meio de um grande lago. Com uma estrutura feita de mármore branco, o templo é enfeitado com esculturas delicadas, incluindo uma grande estátua de Cupido, o deus do amor, em seu telhado.

Seu interior é igualmente romântico e impressionante. Conta com colunas elegantes, molduras e uma bela cúpula. Os visitantes do Templo do Amor se impressionam com sua beleza e com o clima de romance que o local evoca. Não sem motivo que muitos casais procuram o lugar para uma visita e aproveitam para olhar as vistas deslumbrantes dos jardins circundantes e do próprio palácio.

10- Place du Marché Notre-Dame

versalhes ingresso

A Place du Marché Notre-Dame, também conhecida como Praça do Mercado, é uma praça histórica que fica no coração de Versalhes. Projetada originalmente para ser uma área de mercado, era utilizada por comerciantes locais que ali vendiam seus produtos. 

Atualmente o local continua sendo um movimentado centro de atividades e nele estão cafés muito charmosos, restaurantes e lojas para fazer compras.

A praça é cercada por belos edifícios, incluindo o Hôtel de Ville, que funciona como a prefeitura de Versalhes, e a Eglise Notre-Dame, uma igreja impressionante que remonta ao século XII. 

A praça do mercado também abriga o icônico Marché Notre-Dame, um grande mercado interno que oferece uma variedade de produtos, incluindo produtos frescos, queijos artesanais e especialidades regionais.

Os visitantes da Place du Marché Notre-Dame podem aproveitar de um local animado e com muitas lojas. Também encontram opções para uma boa refeição ou simplesmente conseguem dar uma descansada em um dos muitos cafés ao longo da praça. 

Se você procura por um lugar para fazer compras, experimentar a gastronomia francesa e ouvir os sons de Versalhes, a Place du Marché Notre-Dame é um destino de visita obrigatória.

11- Show de fontes

As fontes do Palácio de Versalhes são um evento à parte. Elas são verdadeiros monumentos, com muita beleza e uma arquitetura incrível. Há mais de 50 fontes pelos já mencionados jardins do Palácio, e cada uma possui um tema relativo à cultura greco-romana. 

O Show de fontes é espetacular e encanta os visitantes, principalmente o espetáculo noturno. O Show “As Grandes Águas” não ocorre durante o ano todo, então é importante verificar previamente se ele estará disponível no período da sua viagem. Lembre-se que o ingresso para visitar as fontes do jardim é diferente do ingresso tradicional, que só dá acesso ao Palácio em si. 

12- Capela de Versalhes (The Royal Chapel)

A Capela de Versalhes é um ponto turístico belíssimo e está situada no Palácio de Versalhes. Ela foi a quinta a ser construída no local, sendo a maior capela real da cidade. Sua arquitetura se destaca entre as demais, tanto a interna quanto a externa, pela riqueza de detalhes e pela magnitude da obra no geral. 

Vale a pena conferir a beleza arquitetônica da Capela de Versalhes, tirar lindas fotos e apreciar a gloriosa atração da cidade!

Leia também: EuroTrip: Dicas de Como Fazer Uma Viagem Pela Europa

13- Apartamento do Rei 

O Apartamento do Rei é uma parte do Palácio de Versalhes que revela muito do cotidiano poderoso de Louis XIV. Ele é um ambiente super fácil de ser encontrado, já que está no centro do Palácio, pois a tradição diz que um rei deve dormir ao centro do lugar que domina e, também, porque o sol bate no recinto desde o seu nascer até o pôr. 

Você terá acesso a uma amostra dos luxos da família real e da importância do Palácio de Versalhes para os reis. Inclusive, foi no Apartamento do Rei que Louis XIV morreu, terminando seu reinado. 

14- A Galeria das Batalhas (La Galerie des Batailles)

versalhes tratado

Você é uma daquelas pessoas que amam pontos turísticos históricos e culturais? Se sim, a Galeria das Batalhas é o lugar perfeito para um passeio em Versalhes. Ela é um compartimento do Palácio de Versalhes e conta com pinturas e esculturas relacionadas às batalhas e à história francesa. 

Nesse passeio, você poderá observar bustos de oficiais militares que morreram em confrontos e quadros que retratam acontecimentos e personagens históricos, como Napoleão Bonaparte. A Galeria das Batalhas te deixará imerso à cultura francesa, enriquecendo a sua experiência. 

15- L’Orangerie

L’Orangerie é mais uma parte maravilhosa do Palácio de Versalhes. Além das laranjeiras, há outras plantas, como romãzeiras e loureiros. O design do laranjal é muito bonito, e o ambiente é agradável para passar um dia em família e descansar. 

Se quer ir a uma localidade calma e aconchegante, L’Orangerie vai te agradar. Dá para aproveitar a arquitetura do jardim e tirar várias fotos! Inclua essa atração quando for visitar o Palácio de Versalhes. 

Viagens Internacionais Baratas e Luxuosas: Destinos Incríveis e Dicas de Planejamento.

Os melhores restaurantes em Versalhes

Existem restaurantes maravilhosos em Versalhes para você experimentar uma gastronomia francesa deliciosa sem gastar muito e com opções diversificadas. Versalhes conta com o famoso  palácio que não se destaca apenas por seus pontos turísticos, mas no palácio de Versalhes, você encontra o melhor da culinária francesa e pode  degustar pratos que vão te deixar com água na boca antes mesmo de experimentá-los! 

Se você pretende conhecer o melhor da gastronomia de frutos-do-mar em Versalhes, La Perle de Saint-Louis é a escolha certa para você. O restaurante é especializado em frutos-do-mar e há sempre um cardápio diferente em função das pescas e dos produtos da temporada. O local tem poucos lugares, portanto, é importante chegar cedo para provar a comida maravilhosa de um dos melhores restaurantes de Versalhes.

O  Le Sept é um  restaurante maravilhoso para quem quer experimentar uma tradicional cozinha francesa. Além do ambiente gostoso, há também um excelente bar de vinhos, que proporciona ao cliente uma grande variedade de sabores e nacionalidades dos melhores vinhos.

O restaurante fica na Rue de Montreuil e fica aberto das 12h até 14h para o almoço. Já para o jantar ele funciona das 19h até 21h30, mas fique atento, o restaurante não abre aos finais de semana!

Se você procura um restaurante com  um clima que combina perfeitamente com o charme de Versalhes, o La Flottille é a escolha ideal. Esse restaurante fica dentro do parque do Palácio de Versalhes, próximo ao Grande Canal.

O clima proporciona uma combinação de charme e leveza da natureza. Lá você encontra uma grande variedade de pratos, que vão de saladas até carnes e peixes, refeições para todos os gostos. Abre todos os dias, das 8h às 20h.

Documentação necessária para conhecer Versalhes

Ao  desembarcar em solo europeu, você passará pelos agentes de imigração e precisará ter em mãos os documentos que irão definir se  você está apto ou não para  entrar na Europa. Para não passar por constrangimentos, é bom providenciar com antecedência estes documentos e comprovantes para viajar a Versalhes. 

A Europa está inserida no tratado de Schengen, que tem como foco as políticas de controle de fronteiras, visando permitir uma livre circulação de pessoas, mas não de mercadorias. Você precisará de um seguro de viagem com cobertura de até 30 mil euros para cobrir outras emergências médicas, hospitalares e jurídicas.

Outros documentos necessários para a entrada na Europa e aprovação na imigração nos anos de 2023 e 2024 são o passaporte válido, os comprovantes de hospedagem ou a carta-convite, passagens de ida e volta, e o visto Etnias, esse novo documento será obrigatório a partir de 2024.

Dicas de quantos dias ficar em Versalhes

Muitos turistas preferem ficar hospedados em Paris, pois isso otimiza o seu tempo para visitar mais lugares, como o Palácio de Versalhes, onde é possível chegar de manhã e retornar ao final do dia, tendo a oportunidade de visitar este palácio encantador. 

Porém, os dias de maior concentração de turistas  são os sábados, domingos e terças-feiras, portanto, se puder fazer sua visita em outro dia da semana, é altamente recomendável. Minha sugestão é que você reserve pelo menos um dia inteiro para Versalhes, menos do que isso é realmente muito pouco para aproveitar com integralidade tudo que esse lindo lugar tem a oferecer aos visitantes,

Descubra quanto custa viajar para Versalhes

Estimar o custo de uma viagem é sempre uma tarefa difícil, isso porque o valor final dependerá muito do estilo de viajem e os gosto de cada viajante, como o tipo de hospedagem escolhida, quais restaurantes quer conhecer ou que tipo de transporte ira utilizar, a cotação do Euro  ou a até mesmo a época do ano escolhida. Porém, O custo para um casal viajar para Versalhes por 20 dias é em média de R$ 48.200.

Já o custo para conhecer o palácio de Versalhes é de 20 euros, este valor garante o ingresso para ter acesso total ao complexo com áudio-guia disponível em 11 idiomas. Aos sábados e domingos o ingresso também dá direito à entrada para o  espetáculo As Grandes Águas, e ao show Jardins Musicais.    

Dicas para economizar em Versalhes

Se sua visita a Versalhes for uma escapada de Paris, você pode reservar uma excursão organizada. Esta é uma opção muito conveniente, pois permite economizar tempo na organização do transporte e na decisão do que ver, ao mesmo tempo, em que conta com a ajuda de um guia especializado. Veja mais algumas ideias para otimizar os gastos na sua visita a Versalhes:

Leve poucas malas

O ideal é reduzir ao máximo o que colocar na mala, pois as  companhias aéreas, em uma viagem à Europa na classe econômica, permiti levar até uma mala de 23kg por passageiro. Para a classe executiva e primeira classe, esse limite pode aumentar para até 32 kg. Já o peso máximo da mala de mão pode variar entre 5 e 12 kg. Por esta razão o ideal na hora de fazer a mala é escolher peças leves que combinam com  vários looks, assim você otimiza o seu vestuário e o peso da bagagem. 

Vá em baixa temporada

Viajar em baixas temporadas para Paris é uma ótima pedida, principalmente se você pretende se divertir gastando menos. As temperaturas estão mais suaves, os preços ficam mais acessíveis. Aproveite para caminhar nos jardins, é ótimo para curtir o dia em solo europeu e permita-se a uma bela visão do Palácio de Versalhes.

Faça reserva e compre os ingresso pela internet

Uma boa sugestão para economizar com os passeios é comprar os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos

Leve lanches na bolsa

Uma boa sugestão para se alimentar bem e otimizar o seu tempo e até mesmo economizar dinheiro é levar pequenos lanches caseiros, como sanduíches naturais. Isso evitará que você perca tempo em filas homéricas de restaurantes. Esses lanchinhos são deliciosos e podem ser comprados prontos ou feitos em casa, é bem prático para toda situação, podem ser colocados em recipientes e dentro de lancheiras térmicas.

Saiba como é se locomover em Versalhes

palácio de versalhes preço

O Palácio de Versalhes é uma visita necessária para quem vai a Paris. O maravilhoso castelo é símbolo da riqueza, do poder absoluto e de todos os excessos da corte francesa, O castelo impressiona em todos os sentidos e vale muito conhecer sua história e como foi construído.

Para se locomover do palácio ou castelo principal até o parque, onde fica o Trianon e o Domínio de Maria Antonieta, dá para ir  a pé, cerca de 25 minutos de caminhada, de trenzinho,  o ponto é próximo ao restaurante La Flotille,  que fica nos jardins do castelo, de carrinho elétrico: opção mais confortável, de bike ou Segway.

Dicas de passeios noturnos em Versalhes

Passear por Versalhes e conhecer seus pontos turísticos durante o dia não tem preço — mas seria mentira dizer que a cidade não ganha uma nova vida à noite.

Há passeios para casais, famílias, grupos de amigos e viajantes solos. Aqui estão algumas sugestões para o seu roteiro de viagem por Versalhes:

Passeio noturno pelo Quartier Saint-Louis: Este bairro histórico (e tranquilo) fica ainda mais encantador à noite. Com suas casas antigas, é o lugar perfeito para um passeio romântico ou uma noite com amigos — apesar de ser super residencial, um jantar por aqui é uma ótima pedida.

Jantar no Ore — Ducasse au château de Versailles: Para uma experiência gastronômica inesquecível, reserve uma mesa neste restaurante que fica no Palácio de Versalhes! Aproveite a vista noturna do palácio desfrutando, ao mesmo tempo, o melhor da culinária francesa.

Caso você não consiga jantar no Ore, não se preocupe! Jantar em um dos vários restaurantes de Versalhes jamais será uma má ideia. Além dele, há diversos restaurantes super charmosos espalhados pela cidade.

Saiba como é viajar para Versalhes com crianças

Versalhes, apesar de super histórica, é um destino maravilhoso para famílias com crianças. Aqui estão algumas dicas para tornar a sua viagem ainda mais inesquecível:

Palácio de Versalhes: O Palácio é uma aula de história por si só — mas, reservando uma visita guiada sem filas ao Palácio, ele fica ainda mais interessante aos olhares dos pequenos. 

Compre os seus ingressos com antecedência e separe um dia exclusivamente dedicado ao Palácio e seus jardins, se possível. Isso não significa que você passará o dia aqui, mas visitar o Palácio de Versalhes é um passeio mais cansativo — especialmente com crianças 

Petit Trianon e Le Hameau de la Reine: Estes locais, que eram os favoritos de Maria Antonieta, são perfeitos para as crianças. Elas podem explorar a casa de campo, a fazenda e o pequeno lago do refúgio campestre da rainha.

A rainha frequentava o Hameau principalmente para passar tempo com seus filhos em contato com a natureza, embora também o usasse para passeios e para acomodar amigos íntimos. 

Ao adquirir o seu ingresso, certifique-se de que o Palácio do Petit Trianon esteja incluso, já que alguns ingressos incluem apenas o Palácio de Versalhes + Jardins. Caso queira, você também pode realizar uma visita guiada pelo Hameau, conhecendo o interior da casa onde Maria Antonieta fugia da rigidez real francesa.

O que conhecer próximo a Versalhes

Versalhes é um destino incrível por si só, mas a região ao redor da cidade não fica para trás: ela tem muito a oferecer. 

Se você estiver com tempo sobrando durante a sua viagem, conheça as cidades abaixo também — mesmo que apenas para um bate e volta.

Provins

Provins, que fica a apenas uma hora de Versalhes, é uma cidade medieval. Ela foi um centro comercial importantíssimo na França. A cidade é um Patrimônio Mundial da UNESCO desde o ano de 2001, e leva cada um de seus visitantes de volta a Idade Média com suas histórias, sua arquitetura e seus pontos turísticos.

Caso decida visitar a cidade, não deixe de adquirir o Pass Provins. Com ele, você consegue visitar a Torre de César, o Grange aux Dimes (Celeiro dos Dízimos), a parte subterrânea da cidade, o Museu de Provins e o Priorado de Saint-Ayoul.

A Torre de César

A Torre de César é um dos marcos mais famosos de Provins. Foi construída no século XII e era tanto uma torre de vigia como uma prisão. Hoje, a Torre abriga os sinos da Église Saint-Quiriace e toca duas vezes: 5 minutos antes e na hora exata.

Antes de chegar à Torre, você passará pela sala dos guardas, pelo Quarto do Governador, o Pâté aux Anglais, e, finalmente, após subir todos os andares, você poderá ver Provins e seus arredores de cima!

La Grange aux dîmes de Provins

Graças a uma visita guiada por áudio, você se tornará um especialista nas Feiras de Champagne que aconteciam em Provins. Esta casa de pedra é típica da arquitetura dos séculos XII e XIII da cidade e, hoje, é um pequeno museu.

Lá, você encontrará “encenações  da época medieval. Os bonecos vestidos com roupa de época representam os mercadores e trabalhadores de Provins!

De baixo para cima, a sala inferior funcionava como um armazém, o primeiro andar como uma loja, e, o último, como habitação. Sabe-se, graças a contratos de locação encontrados, que era alugada por comerciantes de Toulouse.

Muito mais tarde, no século XVII, foi usada como armazém para o dízimo — imposto sobre as colheitas. Daí o seu nome atual.

Os subterrâneos de Provins

Os subterrâneos de Provins são uma rede de túneis usados para armazenamento e defesa na Idade Média. Hoje, você pode fazer um tour por eles, e aprender sobre sua história e uso. 

A visita é conduzida por um guia, e deve ser marcada com antecedência. Durante o passeio, ele explicará toda a história por trás dessas estruturas. É uma atração única que, certamente, será um destaque de sua visita a Provins. Fuja do óbvio!

Museu de Provins

O Museu de Provins é um ótimo lugar para aprender mais sobre a história da cidade. Ele abriga uma coleção de escavações arqueológicas da Idade Média ao século XIX, e ainda exibe esculturas, pinturas e objetos raros.

Fontainebleau

palácio de versalhes hospedagem

A apenas uma hora de Versalhes, você encontra a cidade de Fontainebleau, famosa por seu Palácio e sua floresta, uma das principais fornecedoras de madeira para a produção de tonéis de carvalho — onde os vinhos franceses envelhecem.

O Palácio de Fontainebleau

O Palácio de Fontainebleau é uma das maiores residências reais francesas, usado por muitos reis franceses — de Luís VII a Napoleão III (mais de 30 monarcas). 

O palácio é cercado por 130 hectares de parques e jardins, e, dentro dele, existem mais de 1.500 quartos, incluindo aposentos reais, a galeria de Francisco I e a capela de São Saturnino.

Um dos principais destaques do palácio é a Galeria de Diana, uma extensa galeria de corredores usada como biblioteca por Napoleão Bonaparte. Ela é decorada com pinturas do século XVII que retratam a vida de Diana, a deusa romana da caça.

Chantilly

A cidade de Chantilly fica a cerca de 50 quilômetros ao norte de Paris, e é o terceiro lugar mais visitado nas proximidades de Paris, depois de Versalhes e Fontainebleau.

A invenção do creme de Chantilly, por sinal, é atribuída ao chef francês Vatel, que trabalhou nas cozinhas do Château de Chantilly e transformou leite batido em uma pasta densa e super saborosa.

O Castelo de Chantilly

O Castelo de Chantilly é um marco histórico francês que nos leva de volta ao século XIV. Aliás, você sabia que, apesar de sua aparência real, Chantilly nunca pertenceu aos reis da França? A cidade pertencia, na verdade, a dinastias principescas próximas ao poder real, mas que também rivalizavam com ele.

O castelo foi construído em uma pequena ilha rochosa, em um lago artificial, sendo restaurado várias vezes ao longo dos séculos. A construção do castelo atual começou em 1358, concluída apenas em 1882. 

Não deixe de conhecer o Museu Condé, que fica no castelo e abriga uma das maiores coleções de pinturas antigas na França, superada apenas pelo Louvre. Suas pinturas e retratos nos contam a história do país e das personalidades que fizeram história na França.

Conclusão

Viajar para Versalhes na França é simplesmente presentear seus olhos com o mais belo monumento que você já viu na vida. Visitar o Palácio de Versalhes é realmente surpreendente. É uma viagem inesquecível. Se você tiver mais de 2 a 3 dias em Paris, não deixe de incluir no seu roteiro de viagem.  

Antes de viajar para Europa, não esqueça de comprar seu chip internacional para viajar conectado o tempo todo. Com a América Chip você tem internet no exterior de alta velocidade para continuar usando seu celular normalmente com todos seus aplicativos e redes sociais! Conheça os planos da America Chip.

Comentários:

1 thoughts on “Apaixone-se por Versalhes: Cultura, Melhores Pontos Turísticos, Vida Noturna e Guia Completo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar

A Vibrante Cultura de Bilbao: Passeios, Curiosidades e Turismo Completo

Vai Viajar? Simule seu plano de internet

arrow-dropdown.png
arrow-dropdown.png
arrow-dropdown.png
arrow-dropdown.png

Chip Portugal AmericaChip: Mais Conectividade e Economia em sua viagem

Chip de Celular na Albânia Com Conexão 5G Ilimitada: Benefícios

Leia mais

A cidade de Bilbao fica na Espanha, mais precisamente no País Basco, no norte do país europeu. Além disso, é conhecida por conseguir misturar seu patrimônio industrial com um renascimento cultura(...)

Leia mais

Conhecer os riscos associados à internet grátis no exterior é importante antes de escolhê-la como sua opção de conectividade internacional. Entenda por que um bom chip internacional confiável faz(...)

Leia mais

A cultura e a história do Camboja são riquíssimas e, apesar de similares às de outros países do Sudeste Asiático em alguns sentidos, é fato: ambas são únicas – e você precisa conhecê-las. N(...)

Leia mais

O chip de celular Bermudas oferece aos viajantes o acesso à internet 5G (e outras gerações de rede móvel) e a outros serviços telefônicos nos territórios ultramarinos britânicos no Caribe.  Vai p(...)

Leia mais

A oitava maior cidade da Califórnia é o destino ideal para os mais variados estilos de viagem. Viva o melhor dos Estados Unidos em uma de suas cidades mais diversificadas: Oakland!  Vizinha (...)

Leia mais

Um roteiro bem planejado transforma qualquer viagem à Capital do Entretenimento Mundial – que, por sinal, vai muito além de seus cassinos. Conheça Las Vegas!  Não há destino como Las V(...)

Leia mais

A cidade de Split fica na Croácia e é a segunda maior do país, atrás somente da capital Zagrebe. Localizada na costa oriental do Mar Adriático, na região da Dalmácia, ela consegue combinar sua hi(...)

Leia mais

Simplifique seu dia a dia e suas tarefas diárias através de um relógio inteligente confiável, que conta com funcionalidades avançadas, integração com smartphones e outros dispositivos, monitorame(...)

Leia mais
(function(e,t,o,n,p,r,i){e.visitorGlobalObjectAlias=n;e[e.visitorGlobalObjectAlias]=e[e.visitorGlobalObjectAlias]||function(){(e[e.visitorGlobalObjectAlias].q=e[e.visitorGlobalObjectAlias].q||[]).push(arguments)};e[e.visitorGlobalObjectAlias].l=(new Date).getTime();r=t.createElement("script");r.src=o;r.async=true;i=t.getElementsByTagName("script")[0];i.parentNode.insertBefore(r,i)})(window,document,"https://diffuser-cdn.app-us1.com/diffuser/diffuser.js","vgo"); vgo('setAccount', '652428075'); vgo('setTrackByDefault', true); vgo('process');
Clique aqui e tire suas dúvidas 24h