Dicas de Viagem

O Melhor do Coliseu: História, Curiosidades, Estrutura e Dicas de Turismo

Coliseu

O Coliseu é parada obrigatória para quem visita Roma, a capital da Itália. O famoso anfiteatro é um dos marcos emblemáticos de Roma e um símbolo da antiga engenharia e da arquitetura romana..

Sua história impressiona, pois o local foi usado principalmente para competições de gladiadores e espetáculos públicos, como caça de animais, simulações de batalhas navais e execuções públicas.

Até hoje continua sendo uma atração turística popular e um importante monumento histórico em Roma e os visitantes podem explorar o Coliseu e aprender sobre sua história e importância por meio de visitas guiadas e exposições multimídia.

É praticamente impossível visitar Roma e não colocar o Coliseu no seu roteiro. O coliseu é a atração principal da cidade italiana. Confira tudo sobre esta obra magnífica que, mesmo depois de tanto tempo, continua como um dos símbolos ocidentais mais conhecidos. Saiba como visitar esta atração de Roma.

 Coliseu: Uma história rica e impressionante

O Coliseu de Roma em seus quase 2.000 anos de existência tem uma história rica e impressionante. Ele também é conhecido como Anfiteatro Flaviano e foi encomendado pelo imperador Vespasiano em 72 dC, que o viu como uma forma de conquistar o povo romano após o tumultuado reinado de Nero.

A construção do Coliseu levou 10 anos e foi feita com concreto e pedra. Inicialmente ele foi projetado para receber até 50.000 espectadores e era usado principalmente para jogos de gladiadores. Este tipo de espetáculo, violento e sangrento, colocava os escravos e os criminosos uns contra os outros, bem como contra animais selvagens.

Muito populares, os jogos eram entendidos pelo povo romano como uma forma da classe dominante demonstrar seu poder e riqueza. Contudo, com o passar dos séculos, o Coliseu caiu em desuso devido a terremotos, incêndios e saques. Ele já serviu inclusive como uma pedreira para materiais de construção e como uma igreja.

Roma: História, Curiosidades,Vida Noturna e Dicas de Turismo

O Coliseu na Antiguidade

coliseu italia

Na antiguidade, o Coliseu foi uma parte central da vida e do entretenimento dos cidadãos de Roma. Era usado principalmente para competições de gladiadores, que geralmente eram escravos, prisioneiros de guerra ou criminosos, e eram treinados em escolas para lutar com uma variedade de armas e armaduras.

Além disso, o local também serviu para outras formas de entretenimento, como caça de animais, simulações de batalhas navais e até execuções públicas. Os lugares no Coliseu eram divididos em diferentes seções com base no status social. 

Os melhores assentos eram reservados para o imperador e outros membros da classe dominante, enquanto as classes mais baixas ficavam nos níveis superiores do anfiteatro.

Por lá existia um complexo sistema de elevadores, alçapões e câmaras subterrâneas que permitiam que animais e artistas fossem trazidos para a arena por baixo. O Coliseu foi usado por mais de quatro séculos, mas caiu em desuso nos séculos seguintes depois da queda do Império Romano.

EuroTrip: Dicas de Como Fazer Uma Viagem Pela Europa

O Coliseu na Atualidade

Atualmente o Coliseu é um dos marcos mais emblemáticos de Roma e uma das atrações turísticas mais visitadas do mundo. A icônica obra não deixa de ser um testemunho da capacidade arquitetônica impressionante e de engenharia dos antigos romanos e continua a inspirar e admirar visitantes de todo o mundo.

Quem visita o local tem a oportunidade de explorar e aprender sobre sua história por meio de visitas guiadas, exposições multimídia e exibições interativas. O Coliseu passou por obras de restauração ao longo dos anos para preservar sua estrutura e garantir a segurança dos visitantes.

America Chip: Conexão 5G no Coliseu

America Chip Conexão 5G no Coliseu

A dica principal é adquirir um Chip Internacional até mesmo porque o seu Sim Card aqui do Brasil não irá funcionar em outros países. Por isso, aproveite todas as vantagens do chip internacional com o da America Chip, que possui cobertura completa de internet e ainda ligações ilimitadas para seu conforto e comunicação.

Todos os planos são personalizados, de acordo com os dias da viagem, e você receberá o card no conforto da sua casa, ou se ainda preferir, pode escolher o eSim, um chip virtual onde você compra e instala totalmente de forma online, trazendo ainda mais comodidade. Vale a pena investir e assim tornar essa experiência em Roma ainda mais maravilhosa. 

Chip Europa: compartilhe imagens e vídeo

Já pensou, estar de frente ao Coliseu, esse símbolo fantástico da antiga arquitetura romana e de repente ficar sem acesso a internet? Você não vai poder compartilhar suas fotos e vídeos com amigos e parentes, não vai poder fazer lives ou compartilhar essa experiência nas redes sociais. 

Com a America Chip, você pode ficar tranquilo, pois você terá a melhor conexão com internet 5G ilimitada, e o melhor, sem pagar mais por isso. Oferecemos o melhor preço do mercado. 

Além de qualidade e preço baixo, com a America Chip você conta com uma equipe de suporte dedicada e atenta que estará de plantão garantindo que  sua internet e o acesso a ligações locais sejam frequentes, de qualidade e estáveis. 

Estrutura: o que você vai conhecer no Coliseu de Roma

Conhecer o Coliseu de Roma é um sonho de diversos viajantes, e muitos deles viajam de todos os cantos do mundo para realizá-lo. Se você faz parte desse grupo de aficionados pelo Coliseu e pretende vê-lo de perto, precisa saber o que irá, de fato, conhecer nesse ponto turístico. 

Confira, então, as estruturas que estarão disponíveis em sua visita ao Coliseu de Roma! 

Parede exterior

A parede exterior é a primeira estrutura a ser vista quando chega ao Coliseu. Ela representa o seu primeiro contato com essa Maravilha do Mundo e é o ponto de partida da visita. Quem nunca se imaginou tirando uma linda e inesquecível foto próximo à essa parede, né?! 

Hipogeu

O Hipogeu é uma subestrutura do Coliseu. Ele foi construído 10 anos depois da inauguração dessa atração turística e tinha a função de ser salas de retenção para os gladiadores e os animais que serviam de “entretenimento” para os romanos no Coliseu. 

Arena

A Arena é o local onde, durante o Império Romano, gladiadores e animais exóticos eram obrigados a combaterem. Os gladiadores lutavam entre si até a morte, em busca de sua liberdade. Esses combates faziam parte da medida do “Pão e Circo”, na qual o imperador visava dar alimento e entretenimento aos cidadãos, na tentativa de conquistar satisfação política.  

Atualmente, ela está aberta à visitação, e você pode observar esse cenário que, no passado, foi palco de muita violência e morte em prol de um contraditório “lazer”.

Planejamento de viagem para visitar o Coliseu

Roma é um lugar incrível, e para você conhecer o Coliseu, e as demais atrações, é necessário um bom planejamento para que essa viagem internacional seja inesquecível. Confira as dicas a seguir!

Defina as datas

O primeiro passo é definir as datas da sua viagem, isso pode parecer simples, mas é preciso ter atenção aos detalhes. Escolha datas em épocas de baixa temporada, para que assim você economize mais. Desta forma, você também não vai encontrar o Coliseu muito lotado. Prefira ir também na primavera e no verão, pois o clima costuma ser mais agradável.

Defina o orçamento

Ir à Europa exige também um bom investimento, até mesmo porque o Real não possui o mesmo poder de compra e a troca pelo euro irá exigir quantias mais altas. Sendo assim, é imprescindível que você faça um bom planejamento financeiro para curtir ao máximo cada momento.

Compre as passagens

Algo importante é a compra das passagens, elas devem ser adquiridas com no mínimo 3 meses de antecedência. Sites como Skyscanner podem te ajudar na busca dos melhores voos, com preços que cabem no seu bolso.

Reserve o hotel

Quando chegar o momento de reservar a hospedagem, o conselho é observar itens importantes antes de fechar, como a localização do hotel, valores das taxas eras e serviços incluso. Para que assim você não seja pego de surpresas desagradáveis, e tenha o que você realmente contratou. 

Contrate um seguro de viagem

Toda viagem deve ter o máximo de segurança possível, sendo assim, não só para visitar o Coliseu mas como qualquer outra atração turística internacional, é imprescindível que você contrate um seguro de viagem. O seguro deve cobrir algumas demandas básicas como a perda de bagagem e despesas médicas, odontológicas e hospitalares. 

Melhor momento para visitar o Coliseu

Por ser um ponto turístico reconhecido mundialmente, o Coliseu está sempre cheio de visitantes. Mas, apesar disso, é possível encontrar períodos em que o movimento está um pouco menor (o que não significa que o monumento estará vazio!), facilitando a observação e a visitação como um todo. 

Se quer aproveitar mais a ida ao Coliseu e fugir, mesmo que minimamente, das grandes multidões, deve ir ao local entre novembro e fevereiro. Nessa época, o clima é agradável e a lotação é um pouco menor. Isso torna o período o melhor momento para visitar o Coliseu!

As maiores curiosidades sobre o Coliseu

Por ser tão importante, o Coliseu também é repleto de curiosidades. Ele é o maior anfiteatro já construído, com capacidade para até 50.000 espectadores e foi erguido com mais de 100.000 metros cúbicos de pedra travertino e mantido unido por grampos de ferro e chumbo derretido.

Interessante que ele nem sempre foi chamado de Coliseu. Originalmente ele foi batizado de Anfiteatro Flaviano, em homenagem à dinastia de imperadores Flavianos que o construiu. No terremoto em 442 d.C. e 1349 d.C. o Coliseu foi parcialmente destruído e um raio quase pôs fim ao monumento em 217 d.C.

Tour pela Europa: Custos, Dicas e 20 Roteiros Incríveis

História da construção Coliseu

coliseu historia

O Coliseu foi construído na Roma antiga entre 72 dC e 80 dC. Ele foi encomendado pelo imperador Vespasiano e concluído por seu filho Tito, que realizou uma grande cerimônia de inauguração que durou 100 dias. A construção foi no local de um antigo lago no coração de Roma, perto do Fórum Romano e do Monte Palatino.

O local foi escolhido por ser grande o suficiente para acomodar um enorme anfiteatro e por ser de fácil acesso ao público.

A construção do Coliseu foi um grande empreendimento e contou com o esforço de dezenas de milhares de trabalhadores, que cortavam e transportavam enormes blocos de pedra travertinos de pedreiras fora de Roma. 

Dimensões

Com sua forma elíptica, o Coliseu de Roma tem 189 metros de comprimento e 156 metros de largura. Sua parede externa tem uma altura de 48 metros, mas a altura da parede do perímetro é de 50 metros.

Com 2,4 hectares de área, o Coliseu tinha capacidade para até 50.000 pessoas. A arena, onde aconteciam as lutas e outros eventos, tinha aproximadamente 86 metros por 54 metros.

Obras de restauro

Para manter sua estrutura, extensos trabalhos de restauração ao longo dos anos ocorreram no Coliseu. A intenção foi sempre preservar sua integridade estrutural e garantir a segurança dos visitantes. Aliás, o trabalho de restauração está em andamento desde o século XVIII, mas o mais recente e grande projeto de restauração começou em 2013 e foi concluído em 2016.

Nesta última obra de restauração, o monumento passou por limpeza e restauração, que envolveu a remoção de séculos de sujeira, fuligem e poluição das superfícies de pedra.

A restauração foi abrangente e resolveu problemas estruturais, como reforço dos arcos e contrafortes, estabilização das fundações e reparação de danos causados por terremotos e intempéries.

Também foi instalado um novo sistema de iluminação de última geração que foi projetado para realçar as características arquitetônicas do Coliseu e criar um efeito mais dramático à noite. O projeto de restauração foi financiado pelo governo italiano e doadores privados e foi considerado um grande sucesso.

Os Melhores Pontos Turístico da Europa [Guia]

Patrimônio da Humanidade – UNESCO

É claro e não poderia ser diferente que o Coliseu de Roma é um Patrimônio Mundial da UNESCO. Foi inscrito na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO em 1980 como parte do Centro Histórico de Roma, que inclui muitos outros marcos e monumentos famosos da cidade.

O monumento foi reconhecido pela UNESCO como um excelente exemplo da arquitetura e engenharia romana antiga e como um símbolo da grandeza e poder do Império Romano. Seu status icônico a tornou uma das atrações turísticas mais populares do mundo, atraindo milhões de visitantes todos os anos.

Saiba como é o interior do Coliseu

No começo, o interior do Coliseu consistia em uma enorme arena elíptica. Os assentos para os 50.000 espectadores foram divididos em quatro níveis principais, com o nível mais baixo reservado para o imperador e a aristocracia, e os níveis superiores reservados para o público em geral. Cada nível era  acessado através de um sistema de escadas, túneis e arcos.

Atualmente quem visita o local consegue visitar o piso da arena e as câmaras e passagens subterrâneas, que foram parcialmente restauradas para dar aos visitantes uma sensação de como seria ser um gladiador ou um animal aguardando sua vez na arena. Os níveis superiores dos assentos também estão abertos aos visitantes, oferecendo vistas panorâmicas do Coliseu e arredores.

Conheça os Melhores Destinos Internacionais

Dicas de como chegar e onde fica o Coliseu

O Coliseu está localizado, literalmente, no coração da cidade de Roma, na Itália. Ele fica no centro histórico da cidade, por isso veja algumas dicas de como chegar ao local:

Com transporte público: Você chega facilmente no Coliseu de ônibus, metrô ou bonde. A estação de metrô mais próxima é a estação Colosseo na linha B, que fica a uma curta caminhada do monumento.

A pé: Se você se hospedar no centro da cidade, pode ir caminhando até o Coliseu de várias partes da cidade. É um passeio panorâmico que o leva por alguns dos bairros mais históricos de Roma. 

Carro ou táxi: Alugar um carro em Roma não é uma boa opção. O trânsito é bem louco, por isso, ande apenas com motoristas locais ou a pé para conhecer bem a cidade.

Dicas de Viagem Para Uma Viagem Perfeita

Dicas de turismo: se prepare para conhecer o Coliseu

Quando você decidir visitar o Coliseu, tenha em mente que você está prestes a conhecer um dos locais mais famosos do mundo. Ou seja, você e mais centenas de milhares de pessoas com o mesmo objetivo. Por isso, o ideal é planejar a sua visita e comprar seus ingressos com antecedência para evitar longas filas e tempo de espera.

Horários e dias de visitação

coliseu roma antiga

Também é uma boa ideia planejar sua visita durante a baixa temporada ou durante a semana para evitar multidões. Além disso, opte sempre por usar calçados confortáveis, pois você caminhará sobre paralelepípedos antigos e escadas íngremes dentro do Coliseu.

O Coliseu fica aberto todos os dias do ano, exceto no dia de Natal (25 de dezembro) e no dia de Ano Novo (1º de janeiro). O horário de funcionamento varia de acordo com a época do ano, por isso é importante acessar o site do local para obter melhores informações quando for visitar a atração.

Países da Europa Ocidental e Oriental: Tudo Sobre Turismo, Cultura e História

Guias turísticos

Se você estiver interessado em aprender mais sobre a história e a arquitetura do Coliseu, você pode contratar um guia turístico profissional. Um guia experiente pode aprimorar sua visita, fornecendo informações interessantes e curiosidades sobre a história e a cultura do monumento.

Aliás, o local oferece visitas guiadas oficiais que podem ser reservadas através do site oficial ou na bilheteria. Esses passeios são conduzidos por guias licenciados e profissionais que conhecem profundamente a história e o significado do monumento. Todavia, você pode optar por guias privados ou guias de áudio.

Saiba quanto custa para visitar o Coliseu

Se você ficou interessado em visitar o Coliseu, precisa estar ciente dos custos para essa visita. Atualmente, o ingresso para conhecer o monumento está custando, no site Coop Culture, 18 euros, já com as taxas de reserva inclusas. 

Esse ingresso é válido por 24h, possibilitando uma visita tranquila, sem correria e com tempo suficiente para ver todos os detalhes e observar todas as atrações. Além disso,  o bilhete dá acesso ao Fórum Romano e ao Monte Palatino, que são outros dois pontos turísticos incríveis. 

Se hospede próximo ao Coliseu

Por ser um monumento icônico da Europa, você encontra várias opções de hospedagem perto do Coliseu em Roma, desde hotéis de luxo até albergues econômicos. Ficar nesta área pode ser conveniente, pois permite explorar facilmente o centro histórico de Roma a pé e visitar as atrações próximas.

Dependendo do seu orçamento, você pode optar por hotéis de luxo ou buscar quartos com vista para o Coliseu. Alugar um quarto é uma opção mais econômica, assim como reservar um albergue (e existem vários bem próximos do Coliseu).

Caso você prefira ter mais privacidade, pode selecionar um Airbnb em dos muitos apartamentos disponíveis pela região. 

Claro que ao escolher o tipo de acomodação, é importante considerar seu orçamento, nível de conforto preferido e proximidade com o Coliseu e outras atrações.

Também é recomendável reservar com antecedência, especialmente durante a alta temporada (meses de verão na Europa), para garantir sua hospedagem.

Conheça outras atrações perto do Coliseu

O Coliseu é umas das atrações mais famosas de Roma, entretanto não é a única para se admirar e curtir. Há diversos outros passeios, próximos ao Coliseu, que são fantásticos. Veja só! 

La Fontana Del Colosseo

Com uma distância de aproximadamente 8 minutos do Coliseu, você irá admirar uma das mais belas fontes de Roma, a La Fontana Del Colosseo. O fluxo de turismo nessa região é alto, então de preferência ir na parte mais cedo da manhã ou no fim de tarde. 

As esculturas e toda arquitetura vão te impressionar. Há quem diga que fonte, também, realiza pedidos e sonhos, basta jogar uma moeda com os olhos vendados e torcer com muita fé, afinal não custa nada tentar! 

Colosseo Bar Hop

Um lugar também pertinho do Coliseu que vale sua visita é o bar e pub Colosseo Bar Hop, um lugar perfeito para vários estilos que possui um cardápio variado e cheio de sabor. 

Ideal para curtir as noites de Roma, experimentando pratos maravilhosos. Mas lembre- se de fazer sua reserva com antecedência e assim pode desfrutar de tudo isso. 

Arch of Constantine

O Arch of Constantine é também um ponto turístico muito conhecido pela maioria dos visitantes do país. Esse Arco foi construído para celebrar e homenagear a vitória do Senado Romano sobre Maxêncio na Batalha da Ponte Mílvia, a qual foi comandada pelo imperador Constantino, em 312.

A construção foi finalizada em 315 e desde então tem sido considerada um dos símbolos históricos mais importantes da Roma. Vá conhecer essa atração no caminho para o Coliseu, pois são apenas 20 minutos de distância um entre o outro. 

Ludus Magnus

Localizadas entre as mediações do Coliseu, Ludus Magnus é literalmente o retrato da Roma Antiga. Foi criada e utilizada como escola e acampamentos de gladiadores da época.

Ainda hoje é possível vislumbrar ruínas que davam estrutura para toda construção. Ir visitar esse lugar é mergulhar na história da civilização e seus primeiros povos. 

Foi uma das quatro casernas construídas por Domiciano, juntamente com o Ludo Gálico, o Ludo Matutino e o Ludo Dácico. Você vai amar essa experiência, não deixe de conhecer.  

Via Sacra

Como você bem sabe Roma é um lugar que retrata muitos dos tempos antigos, toda sua sociedade, cultura e formas, e sem dúvidas a religião é algo que está muito exposto nesses elementos. 

A Via Sacra é um exemplo disso, ela é uma das ruas mais antigas da cidade e , passa por alguns dos mais famosos templos do Fórum Romano, onde era a rua mais larga, chegando até o Coliseu. Ela se tornou muito conhecida, por vários desfiles de soldados, comemorações das batalhas vencidas e festivais religiosos. 

Domus Aurea

coliseu arquitetura

Domus Aurea,é outra atração próxima ao Coliseu que você não pode deixar de conhecer. Conhecida também como a Casa Dourada, essa majestosa residência foi construída pelo Imperador Nero Cláudio César Augusto Germanico, na Roma Antiga. 

Atualmente é possível ver e contemplar as ruínas de uma dos monumentos mais históricos do mundo. É simples e impressionante ver as pinturas, traços e construções de uma época tão antiga, sem dúvidas, será um momento incrível.

Conclusão

Definitivamente vale a pena visitar o Coliseu em Roma. Se você gosta de história, ao visitar o local terá a oportunidade de conhecer um dos marcos mais emblemáticos de Roma e de todo o mundo ocidental. Com quase 2.000 anos, o Coliseu resiste ao tempo e serve como um símbolo do poder e da grandeza da Roma antiga e do Império Romano.

É, sem dúvida, uma das maravilhas da engenharia e arquitetura, é uma prova da habilidade e engenhosidade dos antigos construtores romanos. Sem contar que também é uma oportunidade de aprender sobre a fascinante história da Roma antiga e sua cultura e o papel significativo na cidade.

Em resumo, visitar o Coliseu é uma experiência obrigatória para quem viaja para Roma, seja você um aficionado por história, um entusiasta da arquitetura ou simplesmente alguém que está procurando mergulhar na rica herança cultural desta bela cidade europeia.

Vá e depois nos conte como foi!
Antes de viajar para Europa, não esqueça de comprar seu chip internacional com a América Chip e viajar conectado nas suas férias!

Comentários:

1 thoughts on “O Melhor do Coliseu: História, Curiosidades, Estrutura e Dicas de Turismo

  1. Pingback: Apaixone-se por Milão: Curiosidades e 20 Pontos Turísticos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar

Como Escolher Malas de Viagem: Como e Onde Comprar e Guia

Vai Viajar? Simule seu plano de internet

arrow-dropdown.png
arrow-dropdown.png
arrow-dropdown.png
arrow-dropdown.png

Turismo Gastronômico: O que é, Dicas de Viagem e Principais Destinos

Fuso Horário de Portugal: Como Funciona e Diferenças com o Brasil

Leia mais

A cidade de Bilbao fica na Espanha, mais precisamente no País Basco, no norte do país europeu. Além disso, é conhecida por conseguir misturar seu patrimônio industrial com um renascimento cultura(...)

Leia mais

Conhecer os riscos associados à internet grátis no exterior é importante antes de escolhê-la como sua opção de conectividade internacional. Entenda por que um bom chip internacional confiável faz(...)

Leia mais

A cultura e a história do Camboja são riquíssimas e, apesar de similares às de outros países do Sudeste Asiático em alguns sentidos, é fato: ambas são únicas – e você precisa conhecê-las. N(...)

Leia mais

O chip de celular Bermudas oferece aos viajantes o acesso à internet 5G (e outras gerações de rede móvel) e a outros serviços telefônicos nos territórios ultramarinos britânicos no Caribe.  Vai p(...)

Leia mais

A oitava maior cidade da Califórnia é o destino ideal para os mais variados estilos de viagem. Viva o melhor dos Estados Unidos em uma de suas cidades mais diversificadas: Oakland!  Vizinha (...)

Leia mais

Um roteiro bem planejado transforma qualquer viagem à Capital do Entretenimento Mundial – que, por sinal, vai muito além de seus cassinos. Conheça Las Vegas!  Não há destino como Las V(...)

Leia mais

A cidade de Split fica na Croácia e é a segunda maior do país, atrás somente da capital Zagrebe. Localizada na costa oriental do Mar Adriático, na região da Dalmácia, ela consegue combinar sua hi(...)

Leia mais

Simplifique seu dia a dia e suas tarefas diárias através de um relógio inteligente confiável, que conta com funcionalidades avançadas, integração com smartphones e outros dispositivos, monitorame(...)

Leia mais
Clique aqui e tire suas dúvidas 24h