Atrações

O Melhor de Verona: Curiosidades, 18 Melhores Atrações, Roteiro de Viagem e Dicas

verona

Verona, na Itália, é uma cidade que fica na região nordeste do Veneto. Com uma grande importância histórica, cultural e artística, é um destino turístico muito popular nesse país europeu.

Conhecida por sua arquitetura romana bem preservada, Verona impressiona por seus edifícios medievais e por ser o cenário da famosa peça de William Shakespeare, “Romeu e Julieta”. Vamos conhecer juntos essa cidade incrível?

Saiba onde fica e a melhor época para visitar Verona

Verona está situada na região do Vêneto, no norte da Itália, e, portanto, não tem uma saída para o mar. Dessa forma, a cidade tem mais umidade devido aos ventos vindos do Mar de Ligúria e do Mar Adriático.

Devido à sua localização, Verona apresenta um clima subtropical úmido que evita períodos secos e um verão muito quente. Esse tipo de clima é bastante agradável, e faz com que a cidade receba viajantes em todos os meses do ano.

Sendo assim, a melhor época do ano para visitar Verona é entre os meses de abril e outubro. Nos demais meses do ano pode haver chuvas e uma temperatura mínima de 7 °C.

America Chip: Conexão 5G em Verona

America Chip Conexão 5G em Verona

Antes de viajar para a Itália, não esqueça de escolher o seu Chip Europa . Conexão 5G que vai fazer a diferença em sua viagem a Verona.
Com a America Chip você tem mais tranquilidade e segurança com uma conexão de internet rápida e de alta qualidade. Aproveite também os planos eSim, tecnologia de ponta com ativação simples e sem a utilização de um chip físico. Aproveite e garanta agora o seu.

Verona: História e Curiosidades

A história de Verona é fascinante. Ela foi fundada como uma colônia romana no século I a.C., depois se tornou um importante centro estratégico e comercial devido à sua localização no cruzamento de várias estradas romanas importantes. Aliás, a Arena de Verona, que é um magnífico anfiteatro romano, construído no século I d.C., é um dos anfiteatros mais bem preservados do mundo.

Uma curiosidade é que a Família Scaliger, que governou Verona durante os séculos XIII e XIV, deixou um legado arquitetônico significativo na cidade. Entre elas estão as Tumbas Scaliger, uma série de monumentos funerários góticos. Outra curiosidade de Verona é a associação da cidade com a história de “Romeu e Julieta”.

A obra de Shakespeare colocou Verona no mapa mundial e fez da cidade um local de peregrinação para os apaixonados de todo o mundo. A história dos amantes infelizes, embora fictícia, ficou profundamente alinhada com a identidade da cidade. A Casa de Julieta, com sua famosa varanda, atrai inúmeros visitantes que deixam bilhetes de amor em suas paredes.

O Melhor da Itália: História, Artes e Turismo [GUIA 2023]

Romeu e Julieta

Verona e a história de Romeu e Julieta são entrelaçadas. A cidade italiana serviu de pano de fundo para a famosa tragédia de Shakespeare e se tornou sinônimo da história dos amantes infelizes. Segundo a peça, Verona é dividida por uma amarga rixa entre as famílias Montague e Capulet, que prepara o cenário para os trágicos eventos que se desenrolam.

Contudo, a cidade é retratada como um lugar de paixão, intensidade e beleza, mas também marcada por conflitos e violência. Os marcos e cenários de Verona desempenham um papel significativo na história. A família Capulet reside em uma grande mansão, e é dentro dessas paredes que ocorre a famosa cena da sacada de Julieta.

Os visitantes de Verona podem visitar a Casa di Giulietta (Casa de Julieta), que se acredita ter inspirado a representação de Shakespeare da residência dos Capuletos. A casa possui a icônica varanda onde Romeu declara seu amor por Julieta. Entretanto, as ruas de Verona surgem na peça como o campo de batalha da rivalidade entre os Montecchios e os Capuletos.

Os becos estreitos e as movimentadas praças de Verona fornecem o cenário para os encontros intensos e fatídicos de Romeu e Julieta. Além disso, os locais históricos de Verona também estão interligados com a história. A Arena de Verona, por exemplo, serve como local para o casamento secreto de Romeu e Julieta.

Sem contar que os edifícios religiosos de Verona desempenham um papel importante na história. Frei Lourenço, um personagem-chave que ajuda Romeu e Julieta em seu casamento clandestino, está associado à Basílica de San Zeno Maggiore. Esta igreja românica é um marco significativo Veronese e acrescenta uma dimensão espiritual à narrativa.

Eventos Culturais

Por ser uma cidade com uma riqueza cultural impressionante, Verona recebe uma variedade de eventos importantes ao longo do ano. Um dos eventos culturais mais famosos é o Festival de Ópera de Verona, realizado anualmente na Arena de Verona de junho a agosto.

O festival conta apresentações espetaculares ao ar livre de obras-primas da ópera, apresentando cantores, músicos e produções teatrais de classe mundial. A Arena de Verona, com seu antigo pano de fundo romano, oferece um cenário único e inesquecível para essas apresentações.

Verona também celebra sua conexão com William Shakespeare com o Verona Shakespeare Festival. Realizado durante os meses de verão, o festival dá vida às peças de Shakespeare em vários locais históricos da cidade. As apresentações são encenadas em italiano e inglês, atraindo entusiastas do teatro de todo o mundo.

Sendo a Itália mundialmente conhecida por sua produção de vinho, Verona sedia a Vinitaly, uma das maiores feiras de vinhos do mundo. Este evento acontece anualmente em abril e apresenta uma grande variedade de vinhos italianos, com degustações, workshops e exposições.

Por fim, você também conta com o Verona Jazz Festival, o Verona Summer Theatre Festival, o Verona International Short Film Festival e, no final do ano, o tradicional Mercado de Natal de Verona.

Arena de Verona

A Arena de Verona, também conhecida como Arena di Verona, é um antigo anfiteatro romano localizado no centro da cidade. É um dos anfiteatros mais bem preservados e icônicos do mundo e serve como um importante marco cultural e histórico em Verona. Construído no século I dC, era inicialmente usado para competições de gladiadores, apresentações teatrais e outros espetáculos públicos.

Com capacidade para acomodar até 30.000 espectadores, a Arena de Verona é um notável exemplo da arquitetura romana. É de forma elíptica, com um exterior feito de calcário local tingido de rosa, conhecido como mármore de Verona. O interior consiste em uma série de níveis de assentos, corredores e arcos.

Roma: História, Curiosidades,Vida Noturna e Dicas de Viagem

18 melhores Atrações Turísticas de Verona

Descubra as melhores atrações turísticas de Verona para sua viagem na Itália:

01 – Praça das Ervas

A Piazza delle Erbe é uma das praças mais pitorescas e vibrantes de Verona. Ela foi originalmente o local do Fórum Romano durante o Império Romano. Servia como a principal praça pública da cidade e era um centro de atividades políticas, sociais e comerciais.

Cercada por um impressionante conjunto de edifícios históricos, por lá você encontra o Palácio Maffei, com sua fachada ornamentada e torre icônica. Na praça está a elegante Casa dei Mercanti e a praça também apresenta a bela Fonte Madonna Verona, que remonta aos tempos romanos.

02 – Igrejas de Verona

verona ford preço

Em Verona estão igrejas impressionantes, confira as principais:

Catedral de Verona (Cattedrale Santa Maria Matricolare): Também conhecida como Duomo, a Catedral de Verona é um marco importante. Sua construção começou no século XII, embora tenha sofrido várias modificações ao longo dos séculos. A catedral combina elementos arquitetônicos românicos, góticos e renascentistas.

Basílica de San Zeno Maggiore: Dedicada a São Zeno, padroeiro de Verona, a Basílica de San Zeno Maggiore é um dos melhores exemplos da arquitetura românica na Itália. Construída no século XII, a basílica apresenta uma impressionante fachada adornada com relevos de mármore.

Basílica de San Lorenzo: Esta basílica (bem próxima da Piazza delle Erbe) remonta ao século XII. A fachada exibe uma mistura de estilos românico e gótico, enquanto o interior possui afrescos elegantes, muitos detalhes em mármore e belas obras de arte. A basílica também é conhecida por seu impressionante claustro.

Igreja de San Fermo Maggiore: Esta igreja é uma fusão de duas igrejas antigas, San Fermo Superiore e San Fermo Inferiore. Localizada em uma montanha com vista para Verona, a igreja apresenta uma combinação dos estilos arquitetônicos românico, gótico e renascentista. Os visitantes podem explorar as seções superior e inferior da igreja.

Igreja de Sant’Anastasia: Próxima da Piazza Bra, a Igreja de Sant’Anastasia é uma impressionante igreja de estilo gótico. Construída no século XIII, apresenta uma magnífica fachada adornada com delicadas esculturas. No interior, os visitantes podem admirar afrescos deslumbrantes, trabalhos em madeira e uma grande rosácea. A igreja é conhecida por seu alto campanário, que oferece vistas panorâmicas de Verona.

Igreja de San Giorgio in Braida: Localizada perto do rio Adige, esta igreja é uma joia arquitetônica. Apresenta uma elegante fachada em estilo renascentista e um interior com magníficos afrescos e obras de arte. A igreja também abriga os túmulos de várias famílias veroneses proeminentes.

03 – Casa de Julieta

A Casa de Julieta, conhecida como “Casa di Giulietta” em italiano, é uma atração famosa de Verona. As pessoas acreditam que seja a casa que inspirou o cenário da icônica cena da sacada da peça de William Shakespeare “Romeu e Julieta”. O edifício, do século XIII, fica bem no centro da cidade, na Via Cappello.

O principal destaque da Casa de Julieta é a famosa sacada. É uma varanda de pedra com vista para um pátio, onde se diz que Julieta ficou enquanto Romeu professava seu amor por ela na peça. A varanda virou um símbolo de romance e atraiu inúmeros visitantes ao longo dos anos.

04 – Casa di Romeo

Para não ficar de fora, existe um local associado a Romeu em Verona conhecido como “Casa di Romeo” ou Casa de Romeu. Contudo, a casa não está diretamente ligada ao Romeu fictício da peça de Shakespeare “Romeu e Julieta”. No entanto, é uma atração popular em Verona.

Os populares acreditam que o edifício medieval tenha sido a residência da família della Scala, que governou Verona nos séculos XIII e XIV. Embora não tenha uma conexão direta com a peça de Shakespeare, está associado à história da cidade e às famílias poderosas que já residiram lá.

Ela é um exemplo bem preservado da arquitetura medieval e conta com paredes de pedra, janelas em arco e um design simples, mas elegante. Os visitantes podem admirar o exterior e ter uma ideia do estilo arquitetônico predominante durante o período medieval em Verona.

05 – Centro Histórico

ford verona

O centro histórico de Verona é Patrimônio Mundial da UNESCO e é um dos centros medievais mais encantadores e bem preservados da Itália. Por lá você encontra uma mistura de antigas ruínas romanas, arquitetura medieval e influências renascentistas. Na região está a Piazza delle Erbe, por exemplo, assim como a Arena de Verona, a Casa de Julieta e a Catedral de Verona.

06 – Castelvecchio e o Castelo de San Martino

O Castelvecchio e o Castelo de San Martino são dois importantes complexos de castelos em Verona. O primeiro, o Castelvecchio (que se traduz em “Castelo Velho”), é uma fortaleza medieval às margens do rio Adige que foi construída no século XIV por Cangrande II della Scala, um membro da família governante Scaligeri.

Hoje, o Castelvecchio abriga o Museu Castelvecchio, que exibe uma vasta coleção de arte medieval, renascentista e moderna. O museu exibe esculturas, pinturas, cerâmicas, armas e artefatos, oferecendo aos visitantes um vislumbre da herança artística e cultural de Verona.

Já o Castelo de San Martino, também conhecido como Torre de San Martino, é uma torre medieval localizada nas montanhas com vista para Verona. A torre cilíndrica que data do século XIV foi construída como parte do sistema defensivo de Verona e serviu como vigia e fortificação. A torre é alta e oferece vistas panorâmicas de Verona e da paisagem circundante.

07 – Túmulos de Scaliger

Os Túmulos Scaliger, conhecidos como Arche Scaligere em italiano, são um grupo de monumentos funerários góticos da cidade. Os Túmulos Scaliger são o local de descanso final da família Scaligeri, que governou Verona do século XIII ao XIV. Os túmulos foram encomendados pelos governantes Scaligeri para servir como grandes mausoléus para eles e seus familiares.

As tumbas ficaram famosas por conta da requintada arquitetura gótica. Eles são caracterizados por elaborados detalhes decorativos, entalhes em pedra e delicado trabalho de rendilhado. Cada túmulo é uma obra-prima arquitetônica única, apresentando os estilos artísticos e arquitetônicos da época.

08- Basílica de San Zeno

De beleza renomada e excelente preservação, a Brasílica de San Pedro é um tesouro ao ar livre no norte da Itália. Vindo do século XIII, sua fachada se destaca pelas cores quentes, alcançadas através da habilidosa combinação de pedra tufo e tijolos.

A Basílica de San Zeno é um exemplo impressionante da arquitetura românica lombardo-emiliana. A igreja e o convento foram construídos onde São Zeno foi sepultado e a basílica é um marco histórico e tesouro cultural do norte da Itália.

09- A torre dei Lamberti

A Torre dei Lamberti é uma torre histórica localizada na Piazza Erbe, no centro de Verona. Suas fundações datam de 1172, e lá, se tornou parte do Palazzo del Consiglio em 1193. O ponto turístico permite ver toda a cidade de Verona em uma vista de 360º.

Com 84 metros, é o edifício mais alto da cidade. Possui dois sinos internos, o Rengo e o Marangona, que desempenhavam papéis importantes na vida pública da cidade. Aberta ao público, é a atração mais popular em Verona e pode ser visitada por escadas e elevador.

10- Basílica de S. Anastasia

o que fazer em verona a noite

A Basílica de Santa Anastácia é um marco do estilo gótico italiano.Seu nome vem de uma igreja pré-existente que data do período lombardo. A igreja é dedicada à Virgem Anastácia, uma mártir do século IV e importante símbolo de Verona.

No interior você encontrará arcos proeminentes e um altar enfeitado como nenhum outro. Na região da Basílica de Santa Anastasia é possível combinar com outros passeios, como a Casa de Julieta, onde se especula que viveu Julieta do conto de Shakespeare, 

11- Ponte Pietra

A Ponte Pietra é uma antiga ponte romana em Verona, caracterizada pela combinação de pedra branca original e tijolos de substituição. Foi construída no século I a.C. como a primeira estrutura romana na cidade. 

A ponte mantém o formato característico de “corcunda” das pontes romanas. Ao longo dos séculos passou por inúmeras restaurações após o impacto de guerras e enchentes na região. Esse é um marco importante que denota o início da civilização de Verona.

12- Via Mazzini

A Via Mazzini é uma rua comercial importante no centro histórico de Verona, conectando a Piazza Bra e a Piazza delle Erbe. É uma rua pedonal antiga e prestigiada, construída no século XIV. A rua é conhecida por suas lojas de grife, butiques de moda, livrarias e cafés.

Grandes nomes da moda internacional, como Armani, Gucci, Chanel e Prada, têm presença na Via Mazzini. Além disso, a rua abriga bares e restaurantes para satisfazer as necessidades gastronômicas dos visitantes.

13- O Duomo

O Duomo de Verona, localizado às margens do Rio Ádige, é uma catedral sagrada e um dos principais locais de culto e atração turística em Verona, Itália. Construído em estilo românico, o Duomo é dedicado a Santa Maria Matricolare.

Ao visitar o Duomo, os visitantes podem participar de serviços religiosos e explorar as capelas, como a Capela Nichesola e a Capela Mazzanti. Também há um batistério com uma pia batismal octogonal esculpida em mármore.

14- Praca dei Signori

A Piazza dei Signori, também conhecida como Piazza Dante, é uma praça encantadora no centro histórico de Verona. Ela é cercada por palácios importantes, como o Palazzo della Ragione, o Palazzo del Capitanio, o Palazzo del Podesta e a Loggia del Consiglio. 

A praça possui uma rica história, sendo um local político e administrativo de destaque durante a dominação veneziana. Destaca-se também a estátua de Dante Alighieri, que foi erguida no século XIX. A arquitetura possui elementos românicos e renascentistas.

15- Praça Erbe

A Piazza delle Erbe é a praça mais antiga de Verona e já foi eleita “a praça mais bonita do mundo”. Ela possui uma aparência renascentista e é conhecida por sua arquitetura impressionante, monumentos históricos e uma atmosfera animada e descontraída. 

A praça foi construída sobre as ruínas do antigo fórum romano e se tornou o centro social, econômico e religioso da cidade ao longo dos séculos. Hoje, abriga um mercado durante o dia e é cercada por bares e clubes que atraem visitantes e moradores locais.

16- Arena de Verona

Se você está planejando visitar Verona, incluir a Arena da cidade em seu roteiro de viagem é uma excelente ideia.

Este é um dos mais icônicos pontos turísticos da cidade, e não é para menos — sua história é fascinante. O local é um anfiteatro romano construído no século I, e é, nada mais nada menos do que, um dos mais bem preservados ao redor do mundo inteiro.

Originalmente, a Arena era usada para espetáculos e jogos, incluindo as famosas lutas de gladiadores. Hoje, é conhecida por ser um local destinado a espetáculos de ópera ao ar livre. No site oficial da Arena você pode acessar o calendário dos eventos, com dia e horário, além de adquirir os seus ingressos também, caso queira.

O preço dos ingressos varia conforme o setor escolhido, mas lembre-se de garantir os seus com antecedência.

17- Museu Arqueológico e Teatro Romano

pontos turísticos de verona

O Museu Arqueológico fica em um convento construído no século XV, e exibe materiais encontrados em Verona, assim como objetos de origens distantes que fazem parte de coleções formadas principalmente a partir do século XVIII, como a de Jacopo Muselli, por exemplo, que foi objeto de uma exposição em 2011-12.

O Teatro Romano, por sua vez, é um dos exemplos mais importantes da arquitetura teatral romana no norte da Itália, e tem uma história fascinante, já que foi construído no final do século I a.C (assim como a Arena). 

Sua localização, às margens do rio Adige, aproveita a inclinação natural do terreno para a construção da “cavea” (a área de assentos em semicírculo) — e este design era a marca registrada dos teatros romanos.

Hoje, o Teatro Romano de Verona atrai turistas e amantes da história de todo o mundo. Além de ser uma atração histórica, o local também é utilizado para apresentações culturais e artísticas — como o famoso festival de verão, por exemplo.

18- Casa di Giulietta

Julieta em italiano é Giulietta — e é exatamente “desta Julieta” que estamos falando. 

A Casa di Giulietta é a mais famosa atração de Verona, e é particularmente conhecida por sua aparição no filme Cartas para Julieta, de 2010, um romance protagonizado por Amanda Seyfried e Vanessa Redgrave, que apresenta a história de uma jovem americana que, em uma viagem a Verona, descobre as cartas de amor deixadas por pessoas de todo o mundo na Casa di Giulietta. 

A trama se desenvolve em torno dessas cartas e das respostas dadas pelo grupo de voluntárias, conhecidas como “as secretarias de Giulietta”. Dizem que colocar a mão sobre o seio da estátua de Julieta durante a visita traz sorte no amor.

As paredes da entrada estão cobertas com incontáveis bilhetes amorosos deixados por visitantes que passaram por lá, e, caso queira, você pode pendurar o seu cadeado (com as suas iniciais e as da pessoa amada) na Casa di Giulietta também.

Dicas para economizar em Verona

Verona pode ser um destino surpreendentemente acessível se você seguir algumas dicas práticas para economizar. Aqui estão algumas sugestões para aproveitar o melhor da cidade sem prejudicar o bolso:

Hospedagem

Para economizar na hospedagem, considere ficar em albergues, acomodações compartilhadas ou hostels. Planeje e reserve tudo sempre com antecedência, especialmente durante a alta temporada – aliás, fugir dela também é uma boa ideia para economizar.

Procurar por lugares um pouco afastados do centro da cidade também é uma ótima dica.

Passagens aéreas

Para encontrar passagens aéreas mais baratas, compre as suas com antecedência. Use ferramentas de comparação de preços online e considere voos com escalas, que costumam ser mais econômicos.

Voos de madrugada, por exemplo, são mais baratos do que voos que partem do Brasil à noite.

Transporte

Em Verona, utilize o transporte público da cidade ao invés de depender de táxis ou alugar um carro. Considere comprar passes diários ou semanais de transporte,  mais vantajosos do que bilhetes avulsos.

Lojas

Para economizar nas compras, evite as lojas de souvenirs nas áreas turísticas mais populares, onde os preços são sempre mais altos. Procure por mercados locais e lojas fora do centro para encontrar as melhores ofertas — e fique de olho nas liquidações de temporada.

Roteiro de viagem para 2 dias em Verona

turismo em verona

Elaboramos uma sugestão de um pequeno roteiro em Verona, mas é claro que se puder ficar mais tempo, aproveite! Com a certeza voltará mais rico com a cultura e as novas experiências que essa encantadora cidade tem a oferecer.

Dia 1

Manhã e almoço:

Comece seu dia com uma visita à Arena de Verona e, se possível, faça um tour guiado para conhecer melhor sua história.

Após a visita à Arena, caminhe até a Piazza delle Erbe, e aproveite para almoçar em um dos restaurantes ao ar livre do local — afinal, mangia che ti fa bene, e uma massa na Itália é sempre uma boa pedida.

Tarde:

Visite a famosa casa que inspirou a história de Romeu e Julieta de Shakespeare, a Casa di Giulietta. Não deixe de conhecer a varanda e a estátua de Julieta.

Caminhe até a Ponte Pietra e visite o Teatro Romano do outro lado do rio. Se sobrar tempo, faça uma rápida visita ao museu arqueológico nas proximidades.

Noite:

– Jantar em um dos restaurantes típicos italianos na área central de Verona.

– Passeio noturno pela cidade iluminada antes de voltar ao hotel/hostel/Airbnb.

Dia 2

Manhã:

Inicie o dia com uma visita a Basilica di San Zeno Maggiore e, em seguida, conheça o Museu do Castelvecchio.

Almoço:

Almoço em uma osteria tradicional perto do Castelvecchio.

Tarde:

Dedique a tarde para relaxar nos jardins do Giardino Giusti, e aproveite as últimas horas do dia para conhecer algumas das lojas de Verona — e, quem sabe, fazer algumas compras?

Noite:

– Jantar em uma pizzaria local – para provar a autêntica pizza italiana. Opte sempre pelos sabores tradicionais, como Margherita, Marinara e Diavola, por exemplo – e, claro, sem ketchup (já que, na Itália, o hábito é um “crime gastronômico”, segundo uma pesquisa da Bonusfinder Italy).

– Passeio de despedida pelo centro histórico.

Dicas Extras:

– Adquira um Verona Card para acesso gratuito ou com desconto a muitas atrações e uso ilimitado de transporte público.

– Verifique se algum espetáculo na Arena di Verona acontecerá durante a sua visita – já que assistir a uma ópera aqui é uma experiência única.

Coisas que você precisa fazer em Verona

Existem algumas outras dicas quando visitar Verona que não podem ser deixadas de lado. A primeira delas é ir cedo aos pontos turísticos, após as nove da manhã, qualquer passeio na cidade se torna repleto de turistas, o que pode ser cansativo para alguns.

No mais, ao visitar Verona, não deixe de explorar a Arena, visitar a Casa de Julieta, passear pela animada Piazza delle Erbe, admirar o Duomo, caminhar pelas ruas medievais, subir na Torre dei Lamberti, assistir a um espetáculo no Teatro Romano e experimentar a deliciosa culinária local.

Quanto custa uma viagem para Verona

O custo de uma viagem para Verona pode variar dependendo de fatores como época do ano, duração da viagem, tipo de acomodação e atividades planejadas. Passagens aéreas, acomodação, alimentação, transporte e atividades são os principais custos a considerar. 

É importante fazer um planejamento financeiro detalhado e pesquisar para encontrar as melhores opções conforme o seu orçamento. Outro ponto que pode pesar no orçamento é a culinária, afinal é impossível visitar Verona sem provar os pratos famosos da cidade.

Por ser uma das cidades mais turísticas de um país tão visitado quanto a Itália, valores de uma viagem completa para Verona chega em uma média de 71EUR diários. Sem contar com passagens aéreas e acomodação.

Saiba quanto custa para entrar na Arena de Verona

apollo e verona

O valor do ingresso para entrar na Arena de Verona pode variar dependendo de vários fatores, como o tipo de evento ou apresentação, localização dos assentos e época do ano. A Arena de Verona é conhecida principalmente por suas apresentações de ópera durante a temporada de ópera de verão, que vai de junho a setembro.

Os preços dos ingressos para a ópera podem variar de cerca de € 20 a € 200 ou mais, dependendo da seção de assentos e da popularidade do espetáculo. Contudo, a Arena de Verona também recebe outros eventos como shows, balés e festivais culturais ao longo do ano. 

Os preços dos ingressos para esses eventos podem variar, e é melhor verificar o site oficial ou entrar em contato com a bilheteria para obter informações mais precisas e atualizadas sobre preços e disponibilidade.

Conheça um pouco sobre a gastronomia de Verona

O Vêneto compreende uma zona das cidades históricas mais prósperas da Itália. A mistura entre as culturas que passaram ali ao longo dos anos se tornou muito diversa principalmente pelas conexões de estradas entre os mares de Liturgia e Adriático.

Dessa maneira, uma identidade culinária forte foi desenvolvida nesse  território, como também ocorreu em Verona. Assim, veja onde experimentar da culinária local dessa cidade:

Pratos típicos de Verona

  • Pastissada de caval: Prato tradicionalmente feito com carne de cavalo. Adiciona-se vinho, ervas e especiarias. Serve-se com polenta;
  • Bigoli: Espaguete artesanal servido com molho à base de carnes de pato e ganso;
  • Risi e bisi: Pancetta, um tipo de bacon italiano, servido com bochecha de porco curada e arroz com ervilhas;
  • Gnocchi di susine: Sobremesa típica da cidade onde se recheia gnocchis com ameixas e queijo ralado ao molho de manteiga derretida;
  • Bollito con pearà: O Bollito é o preparo da carne cozida lentamente no caldo de carne. Já o pearà é o molho a base de pão, alho, caldo de carne e pimenta.
  • Polenta: A polenta é famosa na Itália e em muitos outros países. Mas no Vêneto é ainda mais popular e acompanha muitos jantares tradicionais;
  • Torta di Riso: Arroz, leite, ovos, açúcar e raspas de limão se juntam nessa saborosa sobremesa de torta doce;
  • Pandoro: No natal é comum fazer esse tipo de pão doce em formato de estrela. Presente em todo o país nas festas de final de ano.

Como podemos ver, estes são pratos presentes em toda a Itália (e em alguns lugares pelo mundo), mas que tem origem ou apreço especial em Verona.

Melhores restaurantes de Verona

Para descobrir os melhores sabores de Verona, estes três restaurantes não podem passar despercebidos; Conheça:

  • L’Evangelista Ristorante & Enoteca: Este restaurante luxuoso é ideal para experimentar outro patamar do sabor verônes. Próximo ao Museo di Castelvecchio, pode ser a ideia perfeita para um jantar a dois em uma vila histórica;
  • Restaurant Il Desco: Próximo a Casa Di Giulietta, este restaurante com vista para o rio Ádipe. Possui uma estrela Michelin e a casa é especialista em frutos-do-mar e comida mediterrânea;
  • Gelateria La Romana: Este local é um achado. Está um pouco fora da rota turística de Verona, mas pode valer muito a pena experimentar o verdadeiro gelato italiano. Está a menos de 600m do Museo di Castelvecchio.

Verona por si só é encantadora. Vale a pena se aventurar com amigos pela cidade e descobrir que pratos incríveis não são só encontrados nos restaurantes luxuosos da Itália.

Dicas com as melhores hospedagens de Verona

Nesse tópico não abordaremos os melhores hotéis de Verona, mas sim, em quais regiões encontrar o melhor custo benefício, visto que a cidade de Verona é bem visada pelo turismo. 

Sendo assim, para encontrar mais economia, praticidade e diversidade na cidade de Verona, tente se hospedar nas seguintes regiões:

  • Centro Histórico: Normalmente, se hospedar próximo aos centros tem mais vantagens do que imaginamos, afinal, tudo está próximo e ainda podemos contar com transporte urbano mais organizado. Além disso, a competitividade comercial rende mais disparidade de valores entre as hospedagens;
  • Estação ferroviária Porta Nuova: para quem pretende se locomover por trem, se hospedar próximo às estações pode render mais economia, principalmente para aqueles que pretendem visitar regiões mais afastadas;
  • Borgo Tengo: essa região é caracterizada por suas festividades culturais, mas, ao mesmo tempo, ser mais calma e longe da loucura dos centros urbanos;
  • Veronetta: região mais residencial e com poucos turistas, é ideal para quem fizer longas estadias;

Lembre-se de fazer reservas com antecedência, assim você não perderá tempo e precisará refazer seu roteiro de viagem à Verona.

Compras em Verona: as melhores ruas, bairros e shoppings

Está em Verona, mas quer levar um pedacinho dela para casa? Então não deixe de visitar estes pontos de comércio e encontrar roupas, joias, obras arte e artefatos de decoração:

Franciacorta Outlet Village

Para ter acesso ao Franciacorta Outlet Village, é preciso sair um pouco de Verona até a província de Bréscia, ainda no território do Vêneto. É um ponto muito acessado para compras de luxo em um outlet com ofertas exclusivas.

Via Mazzini

A Via Mazzini é uma das ruas mais acessadas para fazer compras. A atmosfera é bem charmosa e você vai encontrar diversas lojas locais com peças feitas à mão. Além disso, existem muitos pontos turísticos na Via Mazzini, como a Arena de Verona e a Piazza delle Erbe.

Mantova Outlet Village

Se você busca por variedade de opções como peças de roupas, decorações e artigos para o lar, a Mantova Outlet Village pode ser uma boa opção. O outlet é o mais procurado por quem deseja morar na Itália por conta dos valores econômicos dos itens.

Corso Porta Borsari

E no Corso Porta Borsari você vai se deparar com ruas estreitas, porém muito elegantes, ponto ideal para acessar lojas de luxo como a Dolce Gabbana. O interessante aqui, é que a região não é apenas destinada ao comércio se mostrando um passeio bem intimista.

Mercado Piazza delle Erbe

Você não viveu Verona se ainda não visitou os famosos mercados da cidade. Um deles é o Mercado Piazza delle Erbe, a região é muito pitoresca e por lá você vai poder experimentar mais da culinária, conhecer iguarias e se aprofundar ainda mais na cultura.

Mercado de antiguidades Piazza San Zeno

Outro mercado famoso de Verona é o Mercado de Antiguidades de Piazza San Zeno e, como o próprio nome já diz, é perfeito para encontrar antiguidades e levar algo único da viagem. Todos os sábados o mercado reúne artigos, móveis, relógios e obras de arte.

Conclusão

Vale a pena visitar Verona na Itália. A cidade conta com muita história e cultura e remonta aos tempos romanos. Foi uma cidade importante durante o Império Romano e mais tarde floresceu durante o governo da família Scaligeri. Sem contar que seu centro histórico é Patrimônio Mundial da UNESCO.

Sua arquitetura medieval bem preservada, ruínas romanas e influências renascentistas o tornam um lugar cativante para explorar. Caminhar pelas ruas estreitas e praças charmosas é como voltar no tempo. Vá e aproveite, pois vale muito a pena!

EuroTrip: Dicas de Como Fazer Uma Viagem Pela Europa

Comentários:

2 thoughts on “O Melhor de Verona: Curiosidades, 18 Melhores Atrações, Roteiro de Viagem e Dicas

    • Rodrigo Magalhães says:

      Oi Rebeca, tudo bem? O mais importante você já tem, o sonho, o desejo. Agora é só se planejar e pronto… tudo vai dar certo. Quando estiver na Itália, manda oi aqui mim. Grande abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar

Snorkeling: Melhores Destinos, Técnicas para Iniciantes e Benefícios

Vai Viajar? Simule seu plano de internet

arrow-dropdown.png
arrow-dropdown.png
arrow-dropdown.png
arrow-dropdown.png

Catedral de Notre Dame: História, Curiosidades, Custo da Reforma e Passeios Próximos

Times Square: Melhores Lojas, Curiosidades, Atrações, Restaurantes e Lugares para Visitar

Leia mais

Seul é uma cidade sul-coreana repleta de atratividades para os turistas, possibilitando os mais variados tipos de experiências culturais, históricas e turísticas.  E, como toda viagem pode se tor(...)

Leia mais

Connecticut é um belíssimo estado dos Estados Unidos, oferecendo aos seus visitantes muitas paisagens de tirar o fôlego, pontos turísticos, cultura e história. Uma viagem para esse destino é sens(...)

Leia mais

Viaje tranquilo com o eSIM Grécia: internet ilimitada, suporte 24 horas e ativação instantânea! Não é da noite para o dia que se planeja uma viagem à Grécia, mas é em segundos que se adquire um e(...)

Leia mais

Colorado é um dos 50 estados estadunidenses e possui uma beleza natural fantástica, que encanta a qualquer pessoa. Se você está pensando em visitar esse belo destino, pode ter a certeza de que nã(...)

Leia mais

Uma visita à Albânia é uma vivência inesquecível e que foge das tradicionais relacionadas à Europa. Esse pequeno país é uma grande fonte de diversão, história e cultura, proporcionando uma experi(...)

Leia mais

Uma viagem à Turquia é uma mega experiência cultural, oferecendo diversas aventuras idiomáticas, gastronômicas, interpessoais e turísticas de modo geral.  Mas, para ela ficar ainda melhor, você p(...)

Leia mais

Viajar para a França já é, por si só, uma experiência fantástica e, sem dúvidas, inesquecível. Mas, com o auxílio de um bom eSIM internacional, essa jornada consegue ficar ainda melhor!  Esse equ(...)

Leia mais

Diga adeus aos chips físicos e olá ao futuro com o eSIM Espanha da AmericaChip – simplicidade na palma da mão. Ao longo da história, a tecnologia tem simplificado nossas vidas (e nos conectado de(...)

Leia mais
Clique aqui e tire suas dúvidas 24h