Europa

O Melhor de Genebra: 15 Melhores Atrações turísticas, Curiosidades e Dicas de Viagem

Genebra

Genebra, na Suíça, é cosmopolita, com belas paisagens e considerada uma das mais vibrantes do mundo. Confira, neste artigo, dicas de turismo incríveis!

Situada na ponta sudoeste do Lago de Genebra (Lac Léman), é cercada pelos belos Alpes Suíços e pelas montanhas do Jura. 

Como uma das principais cidades globais, Genebra é conhecida por sua influência internacional, riqueza cultural e importância diplomática. Descubra tudo sobre Genebra, curiosidades, dicas e as melhores atrações!

Curiosidades e história de Genebra

A história de Genebra remonta à tribo celta dos Allobroges, que se estabeleceu na área por volta de 500 AC. Aliás, pesquisadores acreditam que o nome da cidade tenha derivado da palavra latina “Genava”, que significa “dobra” ou “joelho”, uma referência à curva do rio Ródano, onde a cidade está situada.

No século I, Genebra se tornou um assentamento romano durante as Guerras Gálicas. A cidade serviu como um importante centro de comércio e transporte devido à sua localização estratégica ao longo do rio Ródano. De ressaltar que Genebra desempenhou um papel fundamental na Reforma Protestante durante o século XVI.

Foi nela que Calvino, um dos mais proeminentes reformadores protestantes, se refugiou. Genebra tem uma longa tradição de promoção de causas humanitárias e ainda no século XIX se tornou o berço do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) e da Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC). Essas organizações continuam a fornecer ajuda e assistência às vítimas de conflitos e desastres em todo o mundo.

Por lá, em 1919, após a Primeira Guerra Mundial, a Liga das Nações foi estabelecida. Foi a primeira organização internacional dedicada a manter a paz e resolver conflitos por meio da diplomacia e da segurança coletiva. A sede da Liga das Nações permaneceu em Genebra até sua dissolução em 1946, após a Segunda Guerra Mundial.

Depois do fim da Segunda Guerra Mundial, a Organização das Nações Unidas (ONU) estabeleceu sua sede europeia em Genebra. O Palais des Nations, originalmente construído para a Liga das Nações, virou o escritório europeu da ONU e tornou Genebra um importante centro de diplomacia e cooperação internacional.

EuroTrip: Dicas de Como Fazer Uma Viagem Pela Europa

America Chip: conexão 5G em Genebra

America Chip conexão 5G em Genebra

Já imaginou viajar sem receio de como você vai se comunicar? Pois é, com a América Chip você vai conhecer Genebra sem se preocupar com a internet. Com o Chip Europa da America Chip você vai poder olhar mapas, utilizar aplicativos e ter uma experiência internacional muito mais tranquila, segura e sossegada.

Com certeza, um chip da America Chip é a melhor conexão em Genebra que você vai encontrar e vai deixar sua viagem para Europa muito mais tranquila. Garanta agora o seu!

Genebra: Onde fica e como chegar

A cidade de Genebra fica no sudoeste da Suíça, na Europa, às margens do Lago de Genebra (Lac Léman) e é cercada pelos Alpes Suíços e pelas montanhas do Jura. A cidade também fica perto das fronteiras da França e do cantão de Vaud, na Suíça. Sendo assim, chegar em Genebra é relativamente fácil devido à sua localização estratégica e excelentes conexões de transporte.

De avião, você vai viajar até o Aeroporto Internacional de Genebra (Aéroport International de Genève). O hub serve a cidade e oferece vários voos internacionais, por isso é conveniente para viajantes de todo o mundo. O aeroporto está bem conectado ao centro da cidade por transporte público, incluindo trens e ônibus.

Falando em trem, como a Suíça tem uma rede ferroviária extensa e eficiente, Genebra está bem conectada a outras cidades suíças e países vizinhos por trem. A Swiss Federal Railways (SBB) opera serviços de trem frequentes para Genebra a partir de cidades como Zurique, Basel e Lausanne. Há também trens diretos de países vizinhos, como França e Itália.

Caso você queira, Genebra pode ser acessada de carro de várias direções. A cidade está conectada ao sistema de auto estradas suíças e é facilmente acessível a partir de outras cidades e regiões do país. Além disso, existem várias rodovias que ligam Genebra à França, como a A40 de Annecy e a A41 de Lyon.

Por fim, várias empresas de ônibus de longa distância operam rotas para Genebra a partir de várias cidades europeias. A viagem de ônibus pode ser uma opção acessível para quem vai viajar com o orçamento mais esticado, pois os bilhetes costumam ser mais em conta, principalmente quando comprados com antecedência.

O que fazer em Paris: Os 21 melhores pontos turísticos

Conheça um pouco sobre a gastronomia de Genebra 

A gastronomia de Genebra é rica e diversificada, pois reflete a influência de várias culturas e tradições culinárias da região. Por ser um importante centro internacional financeiro, Genebra oferece muitas  opções culinárias para atender aos diversos gostos de seus visitantes.

 Melhores restaurantes de Genebra

  • Restaurant du Parc des Eaux-Vives:  fica em um belo parque e oferece uma culinária francesa refinada em uma atmosfera elegante;
  • Chez ma Cousine é conhecido por suas deliciosas receitas de frango, é um lugar popular e descontraído;
  • O Le Relais de l’Entrecôte é um famoso restaurante conhecido por seu bife com molho especial, o restaurante é uma escolha muito popular entre os moradores e visitantes;
  • Bayview by Michel Roth:  agraciado com uma estrela Michelin, esse restaurante  oferece uma experiência gastronômica sofisticada e uma bela vista para o Lago;
  • O Hôtel-de-Ville fica no coração do centro histórico de Genebra, é famoso por sua cozinha tradicional e autêntica;
  • O Cottage Café é um lugar acolhedor para desfrutar um café da manhã, brunch e almoço, com opções vegetarianas e veganas.

Genebra: conheça os 15 melhores pontos turísticos

o que fazer em genebra e arredores

Para você aproveitar ao máximo sua visita a Genebra, a cidade oferece uma ampla gama de atividades culturais, históricas e ao ar livre, assegurando uma experiência memorável! Lembre-se de verificar os horários de funcionamento e a disponibilidade de ingressos para cada atração antes de planejar seus passeios.

01 – Uma volta pelo Lac Léman

O Lago de Genebra, conhecido localmente como Lac Léman, é sensacional. Para você ter uma ideia, ele é o maior lago da Suíça e um dos maiores lagos da Europa, abrangendo aproximadamente 582 quilômetros quadrados. Ele é tão grande que é compartilhado pela Suíça e pela França, com Genebra situada na margem sul.

Conhecido por sua beleza natural deslumbrante, vale a pena visitá-lo. Cercado pelos majestosos Alpes suíços e pelas montanhas do Jura, o lago oferece vistas panorâmicas de tirar o fôlego e, não sem motivos, é um destino favorito para os amantes da natureza e entusiastas do ar livre.

O lago funciona como uma fronteira natural entre a Suíça e a França. Na costa sul fica a cidade de Genebra, na Suíça, enquanto nas costas norte e leste, você encontrará várias vilas e cidades na França, como Evian-les-Bains e Thonon-les-Bains. Nele você também encontra diversas atividades aquáticas para moradores e turistas.

Vela, windsurf, caiaque e paddleboard são opções populares durante os meses de verão, enquanto no inverno algumas áreas congelam, permitindo a patinação no gelo e outros esportes de inverno. Também é possível fazer cruzeiros de barco e várias empresas oferecem passeios panorâmicos no Lago de Genebra.

02 – A Catedral Saint Pierre

A Catedral de Saint Pierre, também conhecida como Catedral de São Pedro (Cathédrale Saint-Pierre ou Cathédrale de Saint-Pierre), é um dos marcos mais importantes para visitar em Genebra. A história da Catedral de Saint Pierre remonta a mais de um milênio, mas ao longo dos séculos, a catedral passou por várias reformas e ampliações.

Aliás, a catedral está intimamente ligada à Reforma Protestante. Durante o século XVI, Genebra se tornou um reduto da Reforma, e o pregador e teólogo Calvino desempenhou um papel crucial na formação da paisagem religiosa da cidade. Ele pregou na Catedral de Saint Pierre e seus ensinamentos levaram ao estabelecimento da Igreja Reformada em Genebra.

Ela apresenta uma impressionante mistura de estilos arquitetônicos. A entrada principal exibe uma grande fachada neoclássica, enquanto a torre, com cerca de 64 metros de altura, exibe um design gótico. A torre é acessível ao público, e aqueles dispostos a subir seus 157 degraus são recompensados com vistas panorâmicas de Genebra e arredores.

03 – Cidade Velha

A Cidade Velha de Genebra, conhecida como “Vieille Ville” em francês, é um charmoso e histórico bairro localizado no coração da cidade. É uma das cidades antigas mais pitorescas e bem preservadas da Europa, oferecendo aos visitantes um vislumbre da rica história, cultura e arquitetura de Genebra.

Sua história, que se estende por mais de 2.000 anos, foi originalmente colonizada pela tribo celta dos Allobroges e mais tarde tornou-se uma cidade romana durante o século I aC. Ao longo dos séculos, a Cidade Velha evoluiu e se expandiu, com influências de vários estilos arquitetônicos, incluindo romano, medieval, renascentista e neoclássico.

Suas ruas estreitas e sinuosas são ladeadas por edifícios pitorescos que exibem uma variedade de estilos arquitetônicos. Muitos dos edifícios apresentam fachadas coloridas, detalhes decorativos e varandas charmosas. A arquitetura reflete o passado histórico da cidade e oferece um belo cenário para explorar a área a pé.

04 – Cidade dos Relógios

o que fazer em genebra em 1 dia

A “Cidade dos Relógios” é um apelido frequentemente usado para descrever Genebra. É que a cidade suíça tem um significado histórico no mundo da relojoaria. Genebra tem uma longa e ilustre história como centro de produção de relógios de luxo, e a herança relojoeira da cidade lhe rendeu esse apelido cativante.

Genebra está na vanguarda da indústria relojoeira há séculos. A associação da cidade com a relojoaria remonta ao século XVI, quando os primeiros relojoeiros começaram a estabelecer oficinas na área. Além disso, os relojoeiros da cidade são conhecidos por sua atenção meticulosa aos detalhes, artesanato excepcional e avanços tecnológicos.

Sem contar que Genebra é o lar de algumas das marcas de relógios mais prestigiadas e icônicas do mundo. A Patek Philippe, uma das mais antigas e renomadas fabricantes de relógios de luxo, tem sua sede por lá. A cidade também está intimamente associada a outras marcas de prestígio, como Vacheron Constantin e Audemars Piguet.

Genebra também abriga vários museus de relógios, onde os visitantes podem explorar a história da relojoaria e admirar uma extensa coleção de relógios antigos e artefatos relojoeiros. 

O cenário de compras de luxo de Genebra é repleto de boutiques e lojas de relógios sofisticados, onde os visitantes podem comprar relógios requintados de várias marcas de prestígio.

Viajar barato pela Europa: Guia Com As Melhores Dicas

05- Parque dos Bastiões

O Parque dos Bastiões (Parc des Bastions) é um belo parque público localizado no centro  da Cidade Velha de Genebra (Vieille Ville). Ele é um destino popular para moradores e turistas, oferecendo áreas verdes bem no meio do centro histórico da cidade. O parque recebeu o nome dos “baluartes”, que faziam parte das antigas fortificações da cidade.

Com uma área de cerca de 28.000 metros quadrados, se caracteriza por seus gramados verdejantes, canteiros de flores bem cuidados e árvores altas. É um local perfeito para passeios de lazer, piqueniques e relaxamento. Um dos principais destaques do Parque dos Bastiões é o Muro da Reforma (Mur des Réformateurs), uma escultura monumental dedicada a figuras-chave da Reforma Protestante.

06 – ONU e Museu da Cruz Vermelha

Genebra é o lar de dois museus significativos com importância global – os Museus das Nações Unidas (ONU) e da Cruz Vermelha. O Escritório das Nações Unidas (ONU) em Genebra e Museu é uma das quatro principais sedes da ONU em todo o mundo e serve como sede europeia das Nações Unidas.

O Museu UNOG mostra a história, o trabalho e os objetivos das Nações Unidas. Ele oferece informações sobre os esforços da organização para promover a paz, os direitos humanos, o desenvolvimento sustentável e a assistência humanitária em todo o mundo.

Os visitantes do museu podem explorar exposições sobre várias agências da ONU e suas contribuições para os desafios globais.

Já o Museu Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho apresenta informações sobre a história da Cruz Vermelha, seus fundadores e suas contribuições para ajuda humanitária e socorro em desastres. 

Os visitantes podem explorar os desafios enfrentados em tempos de guerra, desastres e conflitos, bem como aprender sobre o papel da Cruz Vermelha na proteção e assistência a populações vulneráveis, incluindo refugiados e prisioneiros de guerra.

07 – Carouge

genebra é capital de qual país

O Carouge é um bairro charmoso e pitoresco localizado nos arredores do centro da cidade de Genebra. Com uma atmosfera boêmia, artística com arquitetura de inspiração italiana, o bairro oferece um contraste único e distinto com os edifícios de estilo suíço mais tradicionais encontrados no restante de Genebra.

08- Jardim Botânico de Genebra 

Passear no Jardim Botânico de Genebra é uma experiência encantadora e relaxante. Localizado às margens do Lago de Genebra, esse jardim botânico é conhecido por sua beleza natural. 

Ao visitar o local você conhecerá uma vasta coleção de plantas, incluindo diversas espécies de flores, árvores e plantas exóticas, dispostas em diferentes áreas temáticas. O jardim é projetado para proporcionar um ambiente tranquilo e sereno, perfeito para passear, admirar as paisagens e até mesmo meditar.

09- O Museu da Reforma Protestante

O Museu da Reforma Protestante de Genebra é um dos  locais  históricos mais importantes da   Suíça. Este museu é dedicado a contar a história da Reforma Protestante, que foi um relevante movimento religioso e social ocorrido no século XVI. 

Este museu tem exposições interessantes sobre a vida e o legado de pessoas importantes da Reforma, como João Calvino. Há também uma exposição de artefatos históricos, documentos e livros antigos relacionados ao movimento, dando uma visão única desse período importante na história religiosa e cultural da Europa. O Museu da Reforma Protestante é um destino altamente recomendado para entender mais sobre esse movimento crucial e sua influência na sociedade moderna.

10- Monumento de Brunswick

O Monumento de Brunswick,  é uma escultura de grande importância localizada no Cimetière des Rois (Cemitério dos Reis), trata-se de um mausoléu construído para honrar o duque Karl II de Brunswick, que morreu em Genebra em 1873, é um lugar onde as pessoas vêm para prestar homenagem e refletir. 

A escultura em si é uma representação impressionante de um leão deitado em um suporte de mármore. O leão foi esculpido em granito e é famoso por sua expressão de profunda tristeza e melancolia. 

É um dos monumentos mais visitados e fotografados em Genebra devido à sua imponência e significado histórico. É uma atração cultural importante na cidade que oferece uma oportunidade para conhecer mais sobre a história da região e apreciar a arte escultural de Thorvaldsen.

11- Place du Bourg-de-Fou

Place du Bourg de Fou em Genebra

O Place du Bourg-de-Four é uma praça histórica localizada na cidade de Genebra, é considerada uma das praças mais antigas da cidade, com uma importância significativa para a história e cultura local. 

A praça fica no coração do centro histórico de Genebra,  é conhecida por seus cafés ao ar livre e restaurantes que atraem moradores e turistas para desfrutar de um ambiente encantador e animado. O lugar é  um ponto de encontro vibrante, que oferece aos visitantes a oportunidade de experimentar a atmosfera única da cidade 

12- Fonte Jet d’Eau,

 A Fonte Jet d’Eau é uma grande estrutura que consiste em um jato de água impressionante que é lançado a uma altura de cerca de 140 metros (460 pés) no ar, está situada no Lago de Genebra, próximo à margem da cidade, na extremidade sul do cais da cidade, e se tornou um ícone  e uma atração turística muito popular, tornando-se uma das maiores fontes de água do mundo. 

A Fonte Jet d’Eau é um ponto de referência imperdível para os visitantes que viajam para Genebra, e muitos turistas tiram fotos ou simplesmente apreciam a sua beleza enquanto caminham pelas margens do Lago de Genebra

13- CERN Microcosm

CERN Microcosm é uma exposição interativa e educacional localizada no CERN, situado em Genebra. O CERN é um dos maiores e mais prestigiados laboratórios de pesquisa em física de partículas do mundo. A exposição oferece uma visão fascinante das investigações científicas que ocorrem no CERN e do papel da organização na compreensão da estrutura do universo.

Neste local, os visitantes têm a oportunidade de explorar diversos aspectos da física de partículas e entender o funcionamento do Grande Colisor de Hádrons (LHC), um dos principais aceleradores de partículas do CERN. Várias descobertas importantes foram feitas, incluindo a confirmação da existência do bosão de Higgs.

O CERN Microcosm é uma atração popular para estudantes, turistas e interessados em ciência, proporcionando uma experiência educacional única e informativa sobre o mundo da física de partículas e da pesquisa fundamental realizada no CERN.

14- Le Salève

O Le Salève é uma montanha localizada perto de Genebra, Essa montanha também é conhecida como “Mont Salève” em francês. Apesar de estar localizada em território suíço, é muito próxima da cidade de Genebra, na fronteira com a França. O Le Salève é uma popular atração turística da região de Genebra, oferece uma linda  vista da cidade, do Lago de Genebra e dos Alpes. 

Muitos visitantes aproveitam para fazer caminhadas, trilhas e até escaladas para chegar ao topo, onde é possível ter uma vista panorâmica impressionante da região. Além de suas atrações naturais, o Le Salève também possui instalações recreativas e restaurantes no topo, tornando-o um local popular para relaxar e apreciar a vista. É uma ótima opção para aqueles que desejam fugir do ambiente urbano de Genebra e entrar em contato com a natureza.

15- Marché de Plainpalais

O Marché de Plainpalais é um famoso mercado que acontece regularmente em Genebra,  é conhecido por ser um dos maiores mercados ao ar livre da Europa, que oferece uma variedade de produtos, desde alimentos frescos e produtos agrícolas até roupas, artesanato, antiguidades e itens de segunda mão. 

Realizado na região Plainpalais, atrai tanto os moradores locais quanto os turistas, que vêm em busca de ofertas exclusivas, itens únicos e a oportunidade de experimentar a cultura local, e  também  por ser  uma área movimentada e animada de Genebra, conhecida por sua atmosfera animada e diversificada. 

Além das barracas de vendas, o mercado também oferece música ao vivo, apresentações artísticas e uma variedade de opções de comida, o que torna a visita ao Marché de Plainpalais uma experiência agradável para toda a família. 

Este mercado é uma excelente oportunidade para mergulhar na atmosfera vibrante de Genebra e desfrutar de uma ampla gama de produtos e atividades. Para que sua viagem seja perfeita, não deixe para resolver sua conexão após chegar ao seu destino, adquira seu chip internacional e Boa Viagem!

Conclusão

Vale muito a pena visitar Genebra e motivos não faltam para viajar para Europa. Como uma das cidades mais proeminentes da Suíça, Genebra oferece uma rica mistura de história, cultura, beleza natural e importância internacional. Ela é conhecida como a “Cidade Internacional” devido ao seu papel como um importante centro de diplomacia.

Sem contar que, por estar situada às margens do Lago de Genebra e cercada pelos Alpes Suíços e pelas montanhas do Jura, a cidade de Genebra possui paisagens naturais deslumbrantes. A pitoresca beira do lago, a fonte Jet d’Eau e o icônico Mont Blanc ao longe aumentam o fascínio cênico da cidade. É possível visitar a cidade em todas as estações do ano, mas na primavera ou outono há um charme todo especial. 

Aproveite para ler também: Tour pela Europa: Custos, Dicas e 20 Roteiros Incríveis

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar

O Melhor de Santorini: Curiosidades, Cultura, Gastronomia e Passeios Turísticos

Vai Viajar? Simule seu plano de internet

arrow-dropdown.png
arrow-dropdown.png
arrow-dropdown.png
arrow-dropdown.png

O Melhor da Cidade do Porto: Vida Noturna, Praias e 14 Pontos Turísticos

Países da Europa Ocidental: Passeios, Economia, Documentação e Turismo de Verão

Leia mais

A Argentina é um destino barato para visitar e muito próximo do Brasil. Mas os destinos vão muito além de Buenos Aires. Existem muitas opções de cidades incríveis para visitar na Argentina como M(...)

Leia mais

Veja quais são os cuidados necessários para viajar ao exterior com tranquilidade.  Para realizar uma viagem internacional com tranquilidade é necessário realizar um planejamento rigoroso. É claro(...)

Leia mais

A ilha de Santorini, na Grécia, é mundialmente conhecida e você com certeza também ouviu falar dela. Sabe aquela ilha de mar azul-turquesa com casinhas brancas e teto azul? Pois é, essa e a ilha (...)

Leia mais

Conheça o Laos — um país da Ásia, que, apesar de não ter saída para o mar, conta com uma culinária que, sem dúvidas, deixará saudades pós-viagem — e além dela, acredite: ainda há muito o que se v(...)

Leia mais

Conheça Colmar, um destino francês menos conhecido, mas riquíssimo em cultura, gastronomia, história e, não menos importante: vinícolas! Visitar Colmar, que fica na Alsácia, na França, leva qualq(...)

Leia mais

Conheça Israel, o país que, além de Santo, é muito mais: é história, cultura, política, economia, inovação, tecnologia e turismo. Israel é uma jornada através do tempo e da fé. Este país, pequeno(...)

Leia mais

O Espaço Schengen é uma  área criada em decorrência do acordo de Schengen que garante a  livre-circulação de pessoas entre os países membros. O Tratado de Schengen tem como foco as polí(...)

Leia mais

Conheça San Andrés, uma ilha pertencente à Colômbia, e entenda de uma vez por todas porque ela é muito mais do que “apenas mais um destino no Caribe”.  San Andrés definitivamente não é apena(...)

Leia mais
Clique aqui e tire suas dúvidas 24h